A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

17/07/2015 15:49

Mulher que atropelou motociclista não tinha CNH; ele precisa de sangue

Filipe Prado
A motorista não possuía CNH e invadiu a preferencial (Foto: Marcos Ermínio)A motorista não possuía CNH e invadiu a preferencial (Foto: Marcos Ermínio)

A condutora do veículo HB20, identificada como Francisca Vera Lúcia, 61 anos, que atropelou o motociclista Jonas Denis Lunardi, 41, ao invadir a preferencial, não possuía CNH (Carteira Nacional de Habilitação). A vítima está internada em estado gravíssimo na UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) da Santa Casa.

Conforme o registro policial, a idosa estava conduzindo o carro, na Rua Brasil, mas não possui habilitação para dirigir. Ela não respeitou o pare e invadiu a Rua Dolor Ferreira de Andrade, colidindo contra o motociclista. O capacete da vítima se soltou e ele bateu a cabeça no chão.

Ele sofreu politraumatismo e está na UTI. Conforme informações, Jonas necessita de doações de sangue, sendo o Hemosul pede quaisquer tipagem, porque utiliza o recebimento para reposição do estoque.

As doações podem ser feitas na Santa Casa. O banco de sangue é localizado na Rua Eduardo Santos Pereira, esquina com a 13 de Maio. De segunda a sexta-feira, o horário de atendimento vai das 7h às 17h. Aos sábados, o funcionamento vai das 7h às 11h30.

No Hospital Regional , as doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. O hospital fica no bairro Aero Rancho. No Hospital Universitário, o atendimento vai das 7h às 12h, de segunda a sexta-feira.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions