A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/03/2014 16:49

Mulher retira gatos e põe fogo em casa após brigar com o marido

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Mulher se vinga do marido, de acordo com vizinhos, e põe fogo na casa (Foto: Marcos Ermínio)Mulher se vinga do marido, de acordo com vizinhos, e põe fogo na casa (Foto: Marcos Ermínio)

Após brigar com o marido durante todo o período da manhã, uma mulher decidiu retirar os gatos do imóvel e ateou fogo na residência, localizada na Rua Antônio Luiz Pereira, no Jardim Los Angeles, na saída para São Paulo.

Este é o segundo caso de incêndio provocado pela esposa para vingar uma briga com o marido nos últimos cinco dias na Capital.

Conforme vizinhos e a mãe do homem, a aposentada Elza Porfírio Amorin, 65 anos, a nora e o filho brigaram a maior parte do dia desta segunda-feira (31). “Sempre brigam”, contou.

Após o mecânico deixar a residência do casal para ir trabalhar, a esposa voltou com a filha adolescente de 15 anos, retirou dois gatos de estimação e ateou fogo no quarto. O Corpo de Bombeiros foi chamada para apagar o incêndio, que destruiu dois dos quatro cômodos (quarto e sala).

O sargento Nelson Martins Amorin, do Corpo de Bombeiros, contou que foram utilizados 1,5 mil litros de água. O fogo destruiu a cama do casal, um sofá e o telhado do quarto.

Antes de por fogo na casa, a mulher, que seria usuária de drogas, ainda quebrou o aparelho de televisão, segundo vizinhos, que pediram para não ser identificados.

O casal mora na residência há três anos e a casa fica no mesmo terreno da mãe do mecânico. Ela disse que o filho já chegou a ser esfaqueado pela mulher em outra briga.

Uma vizinha avisou o marido da ação da esposa, mas ele se limitou a dizer que a incendiária deveria responder pelos seus atos. Até o momento, ele não compareceu na casa para tomar conhecimento do incidente.

Antes de colocar fogo na casa, a mulher, segundo a sogra e vizinhos, sempre queimava as roupas do marido.

Outro – Na noite do dia 26 deste mês, uma mulher colocou fogo num centro de Umbanda no Jardim Aeroporto, em Campo Grande. Ela também decidiu destruir o imóvel após brigar com marido.

Na ocasião, após a briga, a mulher ameaçou matar a filha de 15 anos, o que levou os vizinhos a acionarem a polícia. Depois, ela incendiou o centro religioso e fugiu com a menina. 

Viaturas dos bombeiros chegam para atender ocorrência: 1,5 mil litros de água usados (Foto: Marcos Ermínio)Viaturas dos bombeiros chegam para atender ocorrência: 1,5 mil litros de água usados (Foto: Marcos Ermínio)
Bombeiros retiram móveis de casa atingida pelo fogo (Foto: Marcos Ermínio)Bombeiros retiram móveis de casa atingida pelo fogo (Foto: Marcos Ermínio)
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


O Campo Grande News deveria fazer uma materia sobre "o dia seguinte ao incendio", o que acontece com a pessoa que taca fogo propositalmente no imóvel? Existe alguma multa por parte do Corpo de Bombeiros? Afinal eles são acionados por uma incidente causado por querer de uma pessoa sem controle, quem colocou fogo no próprio imóvel pode ser preso? Falem sobre o que acontece com estas pessoas que agem irracionalmente por estarem no limite, ou simplesmente por não baterem bem da cabeça. Seria bom pois se houver alguma sanção, desencoraja os futuros pirotécnicos.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 01/04/2014 08:28:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions