ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SÁBADO  25    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Na Capital, só 5% dos que podem se vacinar contra a gripe estão imunizados

Início da vacinação foi antecipada este ano e o imunizante está disponível há 10 dias

Por Cassia Modena | 01/04/2024 11:25
Idosa, que está no grupo prioritário, se prepara para ser vacinada na UBS Coronel Antonino (Foto: Marcos Maluf)
Idosa, que está no grupo prioritário, se prepara para ser vacinada na UBS Coronel Antonino (Foto: Marcos Maluf)

Está baixa a procura pela vacina contra a gripe em Campo Grande. Nos 10 primeiros dias de vacinação, apenas 5% das pessoas que podem se vacinar com prioridade procuraram postos de saúde e locais itinerantes de vacinação.

Fazem parte da lista prioritária cerca de 300 mil pessoas, apenas na Capital (veja quem se enquadra na lista abaixo). Desse total, aproximadamente 17,5 mil estão imunizadas.

O início da campanha de vacinação contra o vírus influenza, que causa a gripe nas formas leve até grave, foi antecipado devido ao aumento da circulação de vírus respiratórios. Em Campo Grande, as vacinas chegaram aos postos em março e começaram a ser aplicadas no último dia 21.

Arte: Lennon Almeida
Arte: Lennon Almeida

A secretária municipal de Saúde, Rosana Leite de Melo, destaca a importância de se vacinar o quanto antes, para garantir proteção na época de maior circulação do influenza.

“É fundamental que as pessoas que pertencem aos públicos prioritários busquem as unidades para se vacinar. A vacina é a melhor estratégia de prevenção contra a influenza e possui capacidade de promover imunidade durante o período de maior circulação dos vírus, reduzindo o agravamento da doença, as internações e o número de óbitos”, diz.

O imunizante - Campo Grande recebeu em 35.170 doses da vacina contra a gripe na primeira remessa do Ministério da Saúde.

O lote de vacinas disponibilizadas pelo SUS este ano é eficaz contra três tipos de cepas de vírus em combinação: a. A/Victoria/4897/2022 (H1N1)pdm09; b. A/Thailand/8/2022 (H3N2); c. B/Austria/1359417/2021 (linhagem B/Victoria), conforme a Instrução Normativa (IN) no 261, de 25 de outubro de 2023, da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A meta é vacinar pelo menos 90% do público prioritário, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias