A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

25/09/2014 17:30

Na Cidade de Deus, dupla atira em guardas municipais e acerta viatura

Filipe Prado e Paulo Francis
Dos oito tiros, dois atingiram a porta da viatura Dos oito tiros, dois atingiram a porta da viatura
Guarda municipal aponta onde tiros atingiram viatura Guarda municipal aponta onde tiros atingiram viatura

Duas pessoas efetuaram disparos de arma de fogo contra uma viatura da Guarda Municipal, que fazia a segurança dos geradores instalados na Favela Cidade de Deus, no Bairro Dom Antônio Barbosa, na saída para Sidrolândia. De acordo com informações, oito tiros foram disparados.

Conforme uma moradora da favela, 21 anos, que não se identificou, os homens passaram atirando contra os guardas, mas atingiram somente s viaturas. Após os tiros, os homens fugiram, entraram em alguns barracos e depois se esconderam em um matagal próximo ao local.

De acordo com as primeiras informações, a arma usada seria de um dos policiais, mas a Polícia Militar afirmou que a arma seria de uso restrito, porém não era da polícia.

O batalhão Tático da PM, a Polícia Civil e a Guarda Municipal estão realizando rondas pela região para encontrar os rapazes.



...veja essa discrepância. Vou ajudar: R$ 106.000.000,00 em um ambiente para abrigar peixinhos e R$ 6.000.000,00 para comprar viaturas para proteger a sociedade.Socorro Ministério Público!
 
TOYOSHI SATO em 25/09/2014 20:37:25
Nunca desejei tanto que o ano acabasse. Esse Governo só sabe falar de segurança nas Fronteiras e em Campo Grande? Às vezes são 04 (quatro) viaturas da PM por dia, quando tem, para cuidar da Capital inteira, soma-se a isto temos um Ministério Público parcial e inerte, que tem medo de investigar os sistemas adotados para gerir a Segurança, pois não há outra justificativa para não intervir, basta observarmos que os últimos carros doados para a Segurança Pública, se é que podemos dizer segurança, foram todos doados pela união por isso não ficou na capital (plano ENAFRON – Estratégia Nacional de Fronteira) ou então observarmos o repasse para os consertos dos carros que fazem o policiamento, hoje R$ 150.000,00 mensais. Coragem Ministério Público, deixem os excluídos (sem - tetos) em paz e...
 
TOYOSHI SATO em 25/09/2014 20:36:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions