A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

18/03/2018 11:47

Na fila de espera, mulher é internada em UBS com ajuda de filho de 3 anos

Paciente com suspeita de meningite e pneumonia aguarda transferência há cinco dias

Graziela Almeida e Osvaldo Júnior
A paciente está internada há cinco dias e respira com ajuda de aparelhos. (Foto: Direto das Ruas)A paciente está internada há cinco dias e respira com ajuda de aparelhos. (Foto: Direto das Ruas)

Depois de contar com a ajuda do filho de três anos para ser encaminhada, com urgência, a uma UBS (Unidade Básica de Saúde), Suzana Aparecida Pereira Salustiano, 28 anos, vivencia outro drama: está há quase uma semana esperando vaga em um hospital, embora seu quadro aparenta ser grave.

O caso chegou ao Campo Grande News através do canal “Direto das Ruas”. A denúncia foi feita pelo leitor Wagner Moreira. Ele e a esposa são amigos de Suzana e a acompanham desde o dia da internação. A suspeita é que a paciente tenha meningite e pneumonia, segundo informou Wagner.

Suzana está internada na UBS do bairro Moreninhas, na Capital, e respira com a ajuda de aparelhos. Ela foi isolada na ala vermelha e aguarda, há cinco dias, transferência, que poderá ser ao Hospital Universitário.

Conforme Wagner, Suzana sentia fortes dores de cabeça e passando muito mal recorreu ao filho, de três anos, para pedir ajuda. A mulher entregou o celular ao menino e indicou para ele os números “192” (emergência do Samu). “A criança pediu então para o Samur ir lá socorrer a mãe dele”, relatou Wagner.

“Eu, minha esposa e uma cunhada dela estamos a acompanhando desde foi internada. A família só buscou o filho dela e não veio mais. A minha indignação é de ver o estado em que ela se encontra e não poder fazer nada. Os médicos falam dessa transferência e até agora nada”, reclama Wagner.

Outro lado – A Sesau (Secretaria de Saúde) e informou, através da assessoria de imprensa, que as transferências são realizadas a partir de uma regulação. Afirmou, ainda, que estão sendo atendidos os pacientes em estado grave e que necessitam de emergência.

Até ontem quarenta pacientes estavam na fila de espera aguardando a transferência. A demora, de acordo com a Sesau, é causada pela lotação de leitos nos hospitais.

Direto das Ruas - A sugestão de reportagem chegou ao Campo Grande News por meio do Direto das Ruas, canal de interação do leitor com a redação.

Quem tiver flagrantes, sugestões, notícias, áudios, fotos e vídeos pode colaborar no WhatsApp pelo número (67) 99955-2040, pela ferramenta Fale Conosco ou por mensagem enviada via Facebook.

Para que sua imagem tenha mais qualidade, orientamos que fotos e vídeos devem ser feitos com o celular na posição horizontal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions