A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

07/10/2015 10:45

Na fuga, motociclista bateu em moto e carro antes de morrer atropelado

Filipe Prado e Luana Rodrigues
O motociclista colidiu com dois veículos e foi atropelado por um carro (Foto: Marcos Ermínio)O motociclista colidiu com dois veículos e foi atropelado por um carro (Foto: Marcos Ermínio)

O motociclista, morto atropelado na manhã desta quarta-feira (7) na Avenida Guaicurus, Vila Aurora, bateu em dois veículos antes de cair e ser atingido na cabeça por carro. Um adolescente de 16 anos era passageiro da motocicleta e fraturou a costela na queda. O rapaz foi identificado pelo menor como Pablo.

O soldado Eduardo Torres, do 10º Batalhão da Polícia Militar, contou que ele e o soldado Rafael Marques estavam realizando ronda pelo bairro quando avistaram a dupla em atitude suspeita. Eles retornaram para averiguar a situação, quando os indivíduos empreenderam fuga em alta velocidade, usando uma motocicleta Yamaha YBR.

A perseguição durou cerca de 1,5 quilômetro, quando, no cruzamento da avenida com a Rua Ronald de Carvalho, o motociclista invadiu a contramão. A costureira Tânia Felix, 48 anos, estava em uma moto Biz e foi atingida pelos suspeitos. “Quando vi a moto estava em cima”, contou. A dupla bateu no meio fio antes de colidir com a mulher.

Após bater na Biz, o piloto perdeu o controle da direção e atingiu um carro, caindo ao solo. Logo após foi atropelado por outro veículo, que fugiu. Pablo não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O adolescente fraturou uma das costelas, mas conseguiu correr, sendo apreendido uma quadra do acidente.

O soldado assegurou que a polícia ligou os sinais sonoros das motocicletas e de várias ordens de parada para o motociclista, que desobedeceu e continuou a fugir. A moto usada pelos suspeitos possui registro de roubo.

O delegado Gomides Ferreira Santos Neto, adjunto da 5ª Delegacia de Polícia, apontou que o motorista do veículo que atropelou Pablo pode ser indiciado por lesão corporal e homicídio culposo. Câmeras de segurança de um posto de combustíveis serão analisadas, para saber se captaram imagens do acidente.

A polícia ainda não confirmou a identidade do motociclista porque ele não carregava os documentos pessoais.



Na segunda feira 05/10 teve assaltos no Bairro Jose Abrão e os dois indivíduos estavam em uma YBR tmb, será que são os mesmos, no Nova Lima tmb teve assalto cometido por indivíduos em uma YBR.
 
Junior em 07/10/2015 17:37:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions