ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Na mesma noite, 2 mulheres são mortas na Capital

Dayane Xavier e Renata Andrade foram mortas pelo marido e irmão, respectivamente

Por Viviane Oliveira e Idaicy Solano | 23/03/2024 09:11
Renata e Dayane foram assassinadas na noite de ontem (Foto: reprodução)
Renata e Dayane foram assassinadas na noite de ontem (Foto: reprodução)

Morreu na Santa Casa de Campo Grande Dayane Xavier da Silva, de 29 anos, após ser esfaqueada, na noite de ontem (22), na Rua 34, no Bairro Nova Campo Grande, em Campo Grande. O principal suspeito pelo crime, Thiago Echeverria Ribeiro, de 28 anos, foi preso em flagrante. Na mesma noite, no Jardim Centenário, outra mulher foi morta pelo irmão. Os dois casos foram registrados como feminicídio e ocorreram em intervalo de cerca de três horas.

Conforme testemunhas, a mulher e o marido discutiram enquanto consumiam bebida alcoólica numa conveniência, por volta das 20h. Segundo Elisângela Ribeiro do Carmo, de 37 anos, comadre da vítima, que presenciou os fatos, os dois voltaram para a casa dela, onde estavam hospedados havia cerca de 2 meses, e continuaram a briga.

Em determinado momento, o suspeito pegou na virilha da vítima. Ela não gostou e desferiu um tapa no rosto dele. Nervoso, Thiago foi para a cozinha dizendo que “bater na cara dele era pedir para morrer”, pegou uma faca e atingiu Dayane na coxa. “Eu e o meu filho ainda tentamos contê-lo, mas não conseguimos”, lamentou a comadre.

Ferida, a mulher conseguiu abrir o portão, correr para a rua e pedir ajuda para a vizinha Clarita Gimenes, de 62 anos. “Ela caiu no meu portão toda ensanguentada. Eu nunca vi uma coisa dessa. Fiquei assustada e saí pedindo socorro”, contou. Um dos socorristas estimou que Dayane perdeu cerca 1,5 litro de sangue. Ela foi levada para a Santa Casa, onde faleceu horas depois.

Clarita mostrando onde a vítima caiu toda ensanguentada (Foto: Henrique Kawaminami)
Clarita mostrando onde a vítima caiu toda ensanguentada (Foto: Henrique Kawaminami)

Duas - Ontem, por volta das 17h, Renata Andrade de Campos Widal, de 39 anos, foi morta pelo irmão, que ainda não teve o nome divulgado, na Rua Bela, no Residencial Vila Bela, na região do Jardim Centenário. Conforme apurado pela reportagem, o autor do homicídio supostamente ligou para a PM (Polícia Militar) por volta das 17h, informando que quatro homens armados entraram na residência e mataram sua irmã.

Calmo e sem demonstrar reação, o homem chegou a detalhar a fisionomia dos supostos agressores. No entanto, a equipe que atendeu a ocorrência encontrou roupas sujas de sangue e percebeu que a mão do sujeito estava machucada. Pressionado, ele confessou o crime e disse que deu socos e pedradas na vítima. Na sequência, usou um serrote para cortar o pescoço da irmã.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias