ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  01    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Na região de reserva, “bombardeio” tira a paz no Parque do Poderes

Explosões fazem parte das simulações do curso de ações táticas especiais do Bope

Por Jhefferson Gamarra | 24/06/2021 19:12
Centro de treinamento do Batalhão de Operações Policiais Especiais no Parque dos Poderes (Foto: Kísie Ainoã)
Centro de treinamento do Batalhão de Operações Policiais Especiais no Parque dos Poderes (Foto: Kísie Ainoã)

Barulho de bombas têm quebrado a rotina de sossego nas manhãs e noites do Parque dos Poderes. Região de reserva florestal, com muitos animais silvestres, treinamento da Polícia Militar preocupou que levantou cedo para o trabalho e no caminho levou um susto com as explosões.

“Se pra gente já é alto, pensa para os animais que são mais sensíveis”, disse funcionário público estadual que pediu para ter o nome preservado.

Militares durante treinamento simulado para situação de crises (Foto: Divulgação/PMMS)
Militares durante treinamento simulado para situação de crises (Foto: Divulgação/PMMS)

De acordo com o major Vinícius de Souza, comandante do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), as explosões fazem parte das simulações do curso de ações táticas especiais, que habilita policiais militares a aturem no grupo especial.

“Os militares formados no Bope serão solucionadores de crises com refém, suicidas armados, casos passionais e sequestros. Nessas situações muitas vezes são necessários forçar a entrada em alguns ambientes e quando a estrutura é resistente precisamos explodir, não tem jeito. E hoje treinamos isso, por isso gerou essa sequência de explosões”, explicou comandante.

Desde 2001 foram realizados 7 treinamentos semelhantes, onde são reproduzidas situações reais que podem ser enfrentadas no dia a dia. Nesta edição 73 militares iniciaram os treinamos, porém apenas 25 seguem aptos para a formação, que exige excelente preparo físico e psicológico. Segundo o comandante o curso ainda está na metade e as próximas etapas incluem treinamento embarcado em rios do Estado.

Militares em treinamento de escalada para intervenção de crises (Foto: Divulgação/PMMS)
Militares em treinamento de escalada para intervenção de crises (Foto: Divulgação/PMMS)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário