A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/01/2011 09:34

Nelsinho garante que aumento de passe de ônibus não será abusivo

Ana Maria Assis e Paulo Fernandes
Nelsinho diz que uso de cartão como passe pode diminuir violência. (Foto: João Garrigó)Nelsinho diz que uso de cartão como passe pode diminuir violência. (Foto: João Garrigó)

“Eu posso garantir para a população que não vai ser nada abusivo, como nunca foi”, garantiu nesta manhã o prefeito Nelson Trad Filho, sobre o aumento do passe de ônibus.

Houve levantamento de toda a planilha pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), como ocorre desde 2006. No entanto, o prefeito diz que quer evitar o “chutômetro”, e não disse nem o índice aproximado de reajuste. O prefeito estava na esplanada dos ferroviários, em um café da manhã com produtores rurais.

Trad Filho contou que a pesquisa para o aumento está sendo desenvolvida pela UFMS e que o percentual que deverá ser aplicado vai ser divulgado junto com as planilhas.

O prefeito foi questionado sobre a razão em dar aumento superior ao estipulado pela UFMS em anos anteriores. Nelsinho respondeu que isso foi praticado apenas para quem paga em dinheiro. “Vocês não vão mais escrever sobre ataques de gangues em ônibus”, comentou, sobre a tentativa de aumentar o número de usuários com cartão e diminuir o fluxo de dinheiro.

“O uso do cartão é prioridade”, disse ele argumentando que o passe eletrônico diminui a circulação de dinheiro e, assim, a violência e assaltos.

Ele também falou sobre a qualidade da frota de ônibus de Campo Grande, e as melhorias que ainda pretende exigir.

“Campo Grande tem a frota mais moderna do Brasil, tem mais ônibus adaptados, e a prefeitura está abrindo licitação hoje para a construção de mais ‘abrigos’ para os pontos de ônibus”, disse ele sobre a publicação de hoje (27) no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), que abre licitação para empresas interessadas em executar as obras de abrigos metálicos para os pontos de ônibus.



Ele fala de abusivo, de garantias que não tem valor.. etc!! Isso para mim não tem valor, como as garantias, o QUE SERIA BOM PARA TODOS MESMO, era ter tres motivos para subir a passagem! Um ja seria o bastante para não haver respostas, porem sempre tem aquela "a gratuidade", que nos ja pagamos, e não só pagamos a cada tarifa diaria, como pagamos mais de uma vez ela, porque essa desculpa é usada sempre, e a cada fez que sofre reajuste, nos pagamos denovo a gratuidade, que volta a ser a desculpa futuramente, naturalmente como se nunca houvesse cobrado.

Portanto, queria saber QUAIS SÃO OS MOTIVOS PARA O REAJUSTE??
ou o motivo, tendo em vista que um ja é dificil!!
 
João Luís Flores em 15/02/2011 12:57:57
Bom dia,se é que a gente pode achar que com uma noticia como essa a gente possa ter um bom dia.
Qualquer aumento de transporte coletivo aqui em campo grande é abusivo,a passagem aqui já e muito cara.Quanto a frota ser boa,acho que o prefeito não tem visto a qualidade de onibus que circula em Campo grande.Os motores são ao lado do motorista isso faz com que o transporte esquente muito.Há uns 15 dias atráz fiquei parada no terminal Bandeirantes por causa da chuva e pude constatar que o chove muito no terminal,sem proteção para os usuarios.Indignada com tanta agua que caia o povo tentando se esconder tirei fotos em meu celular do terminal e de como ficou a rua sem possibilidade de atravessar .Faixa de pedestre para sair do terminal isso não existe,o pedestre tem que se arriscar ficar atráz de um canteiro.Desculpe minha revolta mas quem usa transporte aqui sofre e ainda vem falar de aumentos.Porque não coloca segurança,coberturas( que protege das chuvas) nos terminais ?Venham no terminal Bandeirantes e vejam como a população tem que se arriscar em uma faixa que sai de um canteiro e que nem sempre motoristas respeitam o semafaro e avançam o sinal,aqui deveria ter semafaro com foto e aplicar multa.
 
Ana de Oliveira em 27/01/2011 11:50:49
Aumento, o valor que esta ja é abusivo
 
Thiago Rodrigo Sandim Lima em 27/01/2011 11:40:42
Hahahahahahahhaha, nunca foi abusivo?????

Campo Grande tem uma frota pífia de onibus, que vivem lotados, sem controle nem pessoas competentes para, no minimo, fazer um servíço considerado regular.
 
Rodrigo Ostemberg em 27/01/2011 10:57:10
CAMPO GRANDE JÁ É UMA DAS CAPITAIS COM O VALE TRANSPORTE MAIS CARO DO PAÍS, VAMOS VER AGORA PARA QUANTO VAI. SE O PREFEITO PENSA QUE O VALOR COBRADO OU OS REAJUSTES NÃO SÃO ABUSIVOS, O CONVIDO A UTILIZAR O TRANSPORTE PÚBLICO DE VEZ EM QUANDO, NOS HORÁRIOS DE PICO TEM ÔNIBUS INSUFICIENTES, FORA DESTES HORÁRIOS ELES DEMORAM, O QUE CONTRIBUI PARA QUE ANDEM SEMPRE CHEIOS. PARA QUEM ANDA DE CARRO O TEMPO TODO TÁ TUDO MUITO BEM. SÓ O QUE SOBE POUCO NESTE PAÍS É O SALÁRIO, O DO TRABALHADOR NÉ, PORQUE O DOS POLÍTICOS, É OUTRA HISTÓRIA.....
 
REGIANE DA SILVA em 27/01/2011 10:12:26
Pura cascata,a noiva é a mesma só muda o penteado!
Entra ano e sai ano,sempre que tem aumento promessas de melhoria e tudo mais,mais coisas que só ficam no papel ou melhor na fala.O salário minímo é o único que não tem o aumento devido,já os serviços prestados ou melhor dizendo comprados por nós sempre com reajustes absurdos e de péssimas qualidades.
Quando é que,vai aparecer um governante que realmente olhe para o povo!Será que,nosso caro amigo Marquinhos Trad não fica sensibilizado com esses aumentos,afinal se ele mesmo diz que é impossível viver com R$11.000,00,imagina com o minímo do minímo!!!!!!!!!
 
Marta Alves em 27/01/2011 10:11:08
Não sera abusivo?????? Sera que não sera abusivo como não foi o IPTU??????O meu
aumentou 123%, isso não é abusivo? Se o prefeito quer arredar ele devia implantar com urgencia o imposto progressivo para aquelas areas, lotes, etc....que ficam abandonadas, verdadeiros criadouros de vetores de varias doenças. Isso o prefeitura não faz e nem o legislativo municipal se coça pra faze-lo. Claro.....estas areas de modo geral pertencem a amigos do rei. E mais facil "valorizar" os imoveis e da-lhe IPTU. Alem do IPTU agora a tarifa do transporte coletivo......Faça-me o favor, ne? Nossos nobres legisladores municipais tambem poderiam ja estar se preocupando com quem os elegem e instituir alicotas diferenciadas, a exemplo de outras cidades bem administradas em que ja foi instuido o imposto progressivo para areas ociosas e alicotas que variam de 0,2% a 1% para o imposto predial. Mas aqui, esqueçam....nossos nobres edis e o Sr. Prefeito estam mais afim de fazer posse, lançar obras que nunca terminam ou são inauguradas sem terminar (ai da saudade do Andre que nunca inaugurou uma obra sem estar terminada). Um exemplo de inauguração de obra sem terminar e a da Av. Ceara....ainda falta uma alça mas ja foi inaugurada(pelo menos teve festa e discurso pra meia duzia de politicos, empreiteiros e funcionarios que estavam la. Esse Nelsinho so aparece bem em "pesquisas" sabe-se la feita por quem. E ainda se diz candidado a Governador. Espero que a população lhe de o troco.
 
jose roberto guarin em 27/01/2011 06:53:57
SE O AUMENTO FOR IGUAL PERCENTUALMENTE AO DO "salário minimo" ATÉ QUE SERIA COERRENTE,O DURO É SE ELES AUMENTEREM PERCENTUALMENTE AO QUE FOI REAJUSTADO O SALARIO DOS NOSSOS VEREADORES QUE FOI UM ABUSO DE PODER AO MEU VER, E SENHOR EXELENTISSIMO PREFEITO NADA FEZ,POR QUE IRA FAZER ALGUMA COISA AGORA, SENDO QUE ,QUEM VAI PAGAR A CONTA SOMOS NOS E JA COMEÇAMOS A SER COBRADOS O "IPTU" JA ESTA ENTREGUE, PAGA NAO PRA VER.
 
Gevaldo Soares em 27/01/2011 06:11:20
Usuários do transporte coletivos. Certa época o prefeito não incentivou a usar a bicicleta? Será que a população, o próprio prefeito, os secretários, assessores e funcionários públicos municipais estão utilizando? Acho que é por isso que vai haver esse aumento, a arredação, para a empresa, caiu demasiadamente.
 
Carlos José em 27/01/2011 06:02:01
Como também não foi abusivo os rejustes nos valores do IPTU, seu prefeito?
 
Alessandra da silva jorge em 27/01/2011 05:41:59
É inacreditável esses comentários do nosso Prefeito: “Eu posso garantir para a população que não vai ser nada abusivo, como nunca foi”. Essa "garantia" que o nosso Prefeito tanto fala, será que é a mesma "garantia" que ele deu em relação ao IPTU? dizendo que aumentaria em torno de 6% a 16% e que na realidade, alguns imóveis tiveram aumento de 350%????
Vamos convidar nosso ilustríssimo Prefeito para tomar um ônibus logo pela manhã, para ver a qualidade do transporte coletivo da nossa cidade que ele tanto elogia!
A situação é revoltante, mas já serve de alerta pra população para as próximas eleições!
Tomem cuidado em quem vão votar!!! Pra não trocarem seis por meia duzia!!!
 
Driele Evelin Santos Vargas em 27/01/2011 04:49:55
O que impede a imprensa - já que ninguém mais se manifesta - de promover um levantamento simples e nunca explicado:
O fator valor das passagens sempre teve como uma das principais justificativas o aumento dos salários... Bem, os cobradores foram expurgados e, pelo que sei, o salário destes cobradores não foi apensado ao dos motoristas... Isso não pesou a menos na planilha de custo???
Por gentileza, me expliquem os senhores economistas da UFMS...
 
Dirceu Martins em 27/01/2011 04:31:54
Se a população se mobiliza-se para contermos esses abusos talvez conseguiriamos um pouco mais de dignidade, não contribuindo para essa palhaçada que está ocorrendo ultimamente " VOTEM NOS MESMOS POLÍTICOS DE SEMPRE", é isso que dá colocar parentes em cargos públicos, agora diz para essas pessoas andarem de ônibus em horário de pico, cheio de alunos.
 
Elizangela leme em 27/01/2011 04:28:54
que comédia hem., é que muita gente não sabe que as empresas de transportes coletivo de campo grande é do mesmo grupo, ou seja do mesmo dono, planilha pra que, o preço vai ser o que eles querem com aval do nosso grande prefeito. parabens para os nossos politicos, voces não precisa do transporte que nós dependemos, e além do mais péssimo.
 
luiz antonio em 27/01/2011 02:44:11
“Eu posso garantir para a população que não vai ser nada abusivo, como nunca foi”, é o mesmo que o prefeito alegou ao subir o IPTU, até agora não encontrei quem não se assustou(uma palavra mais sutil para a sensação) a sensação que nos passa é que a cidade esta aos poucos sendo evacuada, quem não pode viver aqui que se mude, o prefeito deveria parar de ouvir opiniões de tantos ou dos mesmos assessores e por ele mesmo verificar que o que ele esta sancionando é por demais abusivo, em Curitiba o índice do IPTU ficou abaixo de 6%, e eu acho que Curitiba esta muito bem e não tem inundação, o transporte coletivo funciona e os ônibus não são estas velharias maquiadas, mas que para o prefeito esta nos conformes, alias tudo esta como tem de ser, eles cobram, aumentam e nos cordeiros felizes cantando pagamos...pagamos.
 
Gilson Gomes Silva em 27/01/2011 02:11:38
ABSURDO MESMO, PARA CONTER ESTE AUMENTO DE TARIFA CONSTANTE BASTA ABRIR LICITAÇÃO PARA QUE NOVAS EMPRESAS ATUEM EM CAMPO GRANDE, MAS COMO OS GOVERNANTES GANHAM COMISSÃO NOSSOS LUCROS DA EMPRESAS CLARO QUE DEIXAM APENAS 3 EMPRESAS PARA ATENDER TODA A CIDADE, ACABO DE CHEGAR DO RIO DE JANEIRO ONDE A TARIFA É R$2,40 E TODOS OS ÔNIBUS TEM ARCONDICIONADO E FROTA DE ULTIMA GERAÇÃO, ESTIVE EM CURITIBA E OCORRE O MESMO ONDE O TRANSPORTE FLUI DE FORMA INVEJAVEL PARA SULMATOGROSSENSES.

OS USUARIOS DE ÔNIBUS DEVERIAM SIM SE ORGANIZAR E PROTESTAR EXIGINDO NOVAS EMPRESAS NA CIDADE. PENSEM NISSO.
 
HERNANE LUIS DE SOUZA em 27/01/2011 01:55:00
Se a população se atentar aos novos onibus que o prefeito tanto fala que e uma frota nova, irão verificar que de fato e mesmo massss???????? os onibus estão trabalhando no lugar dos micros onibus(fresquinho) onde o valor e de R$ 3,00 e não de R$ 2,50 como deveria ser feito, a frota de onibus normal continua velha sem melhorias nos pontos e no horario de pico sem onibus, linhas como expresso 083esta em escassez, acho que nosso prefeito não mora aqui em campo grande ou não gosta muito da cidade so ele que não ve nada de errado, " iptu caro, salario baixo ((dos servidores)), frota de onibus pessima, enchentes"., etc.......... senão vamos ficar aqui falando, voces da midia "Campo Grande News", poderiam investigar para esclarecer este assunto do onibus novo custando R$ 3,00, essas linhas que utilizam o micro onibus. irão ver a verdade.
 
juliano de souza em 27/01/2011 01:46:41
HAHAHA !!!

Agora eu sou obrigado a comprar um carro ou moto, Deusmelivre!!! É por isso que a população veicular está aumentando. Aumentar pra Qto?? 2,80 ; 3,00??? Nem se os ônibus fossem todos iguais ao "fresquinhos", ainda por cima não passam no horário que deveriam... 'É pra cabá' msm viu?!
 
José Lucas em 27/01/2011 01:35:05
Qual será a desculpa esse ano para o aumento?
O IPTU não teve aumento algum se comparado ao aumento do salário mínimo (que por sinal é um salário digno, de dar inveja a qualquer deputado ou senador). Campo Grande está cada vez mais linda (ou melhor, maquiada): o asfalto está se alastrando pela cidade, só estão esquecendo de que a água da chuva tem que ir pra algum lugar. Em relação aos agentes de saúde, o nosso maravilhoso prefeito mais parece um ditador. Por que ele não para pelo menos pra ouvir o motivo do descontentamento e vê a melhor maneira de resolver a situação, beneficiando a todos? (Só vemos ele mandar recado e usar artifícios para prejudicar os "manifestantes" que estão usando de algo que lhes é de direito). Detalhe: os agentes de SAÚDE são os que mais têm afastamento por problemas de saúde (isso leva a crer que as condições de trabalho são, assim como o salário, invejáveis). Não vou nem mencionar a questão do trânsito. O transporte coletivo é uma maravilha: se vc tem que chegar em um lugar em determinado horário, saia pelos menos umas 2 horas antes e reze pra não perder o ônibus, senão só daqui a umas 2 horas passa outro. Reze também pra que você consiga adentrá-lo. Eu adoro tanto essa pessoa que diz ser nosso prefeito que me orgulho muito de nunca ter votado nela.
 
Éliton Costa em 27/01/2011 01:34:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions