ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Nem mesmo alerta de tempestade foi capaz de manter a população "presa" em casa

Previsão é de temporal com média de 100 milímetros e ventos superiores a 100 km/h

Por Jhefferson Gamarra e Ana Lívia Tavares | 23/10/2021 11:36
Movimentação de pessoas na praça Ary Coelho no centro da Capital (Foto: Henrique Kawaminami)
Movimentação de pessoas na praça Ary Coelho no centro da Capital (Foto: Henrique Kawaminami)

A ameaça de um novo temporal, como o registrado na semana passada, não foi suficiente para convencer o campo-grandense a ficar em casa na manhã deste sábado (23). Ainda sem cair um pingo de chuva, a movimentação de pessoas segue na região central da Capital, escapada "vapt-vupt", de olho  no céu.

Para este fim de semana, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu um aviso de tempestade com ventos de até 100 km/h para Mato Grosso do Sul.

Manoel (de boné) e Jonas (de máscara) foram ao centro na intenção de pagar algumas contas (Foto: Henrique Kawaminami)
Manoel (de boné) e Jonas (de máscara) foram ao centro na intenção de pagar algumas contas (Foto: Henrique Kawaminami)

"Estou  sabendo que vem chuva e fiquei preparado porque da outra vez, no temporal, na vila onde moro caiu árvore", relata o aposentado Jonas Pereira, 65 anos, que se arriscou indo ao centro pagar algumas contas e fazer umas comprinhas.

Ciente da previsão meteorológica, o encarregado de construção civil, Manoel Eli, 60 anos, foi ao centro no sistema “vapt-vupt”, também para quitar algumas dividas. “Vim pagar contas nas lojas, hoje em dia faz da pra fazer tudo pelo aplicativo, mas não sei mexer e me programei para vir antes da chuva. Vou para casa logo, antes que a chuva chegue”, garantiu.

Alguns não tiveram escolhas e precisaram sair de casa para cumprir compromissos obrigatórios e inadiáveis. “Eu saí do serviço agora e vou para casa porque já dá pra ver que vem chuva mais tarde. O temporal da semana passada parecia o fim do mundo, poeira  e muita árvore caindo”, comenta a diarista Viviane Alves, 42 anos.

Walbert Leal precisou sair de casa para fazer aulas de direção veicular (Foto: Henrique Kawaminami)
Walbert Leal precisou sair de casa para fazer aulas de direção veicular (Foto: Henrique Kawaminami)

Walbert Leal, 22 anos,  precisou ir ao centro para fazer exame o prático da autoescola e comemorou a “demora” para o começo da chuva na cidade. “Fiquei com medo de chover bem na hora do exame, mas por sorte ela ainda não chegou. A notícia da tempestade é boa para prevenir acidentes, queda de árvores”, disse.

Novo alerta  - Dois novos avisos meteorológicos foram emitidos pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) no fim da manhã deste sábado (23), colocando em alerta todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. O aviso laranja vale das 10h50 de hoje até 12h de domingo.

Com previsão de chuva superior a 100 mm/dia, ventos superiores a 100 km/h, e queda de granizo, há grande risco de danos em edificações, corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores, alagamentos e transtornos no transporte rodoviário.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário