ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Nem sinalização impede que moradores se arrisquem em ponte danificada

Ponte sobre o Córrego Prosa na Rua Rivaldi Albert foi interditada no domingo, segundo moradores

Por Ana Paula Chuva e Mariana Rodrigues | 16/02/2021 13:11
Mesmo com faixas e cavaletes, motociclista passa pela ponte. (Foto: Marcos Maluf)
Mesmo com faixas e cavaletes, motociclista passa pela ponte. (Foto: Marcos Maluf)

Parte da ponte sobre o córrego Prosa na Rua Rivaldi Albert, Bairro Jardim Morenão, cedeu com a chuva do último domingo (14), mas nem a sinalização fez com que os motociclistas e ciclistas parassem de passar pelo local.

A ponte é a principal forma de acesso dos moradores da região a outros bairros, mas com parte da estrutura danificada acabou sendo interditada para o tráfego. Porém a sinalização não foi o suficiente para impedir a passagem de quem prefere encurtar o caminho.

As placas da prefeitura avisando sobre o tráfego interditado foram colocadas desde a Avenida Guaicurus na entrada da Rivaldi até a Rua do Balneário, além de faixas e cavaletes fechando o local.

De acordo com o ajudante geral, Gabriel Lima Souza, 37 anos, há dois dias a ponte foi interditada, porém a faixa acabou sendo tirada e ninguém tem respeitado a sinalização.

Ciclista passando ao lado do buraco. (Foto: Marcos Maluf)
Ciclista passando ao lado do buraco. (Foto: Marcos Maluf)

“Acredito que tenha sido a chuva de domingo mesmo, porque a estrutura já estava comprometida e cedendo, com a chuva acabou caindo de vez essa parte. Foi sinalizada, mas as pessoas não respeitam e é comum. Carro não passa, mas moto e bicicleta tem passado normalmente”, disse Gabriel.

Para o bicicleteiro, Osmar Rodrigues, 64 anos, ninguém quer dar uma volta grande para chegar a outro bairro, por isso tiraram a faixa para passar por ali.

“Eu vi hoje que estava fechado. Precisei atravessar para ir no Tijuca, é o trecho mais rápido para  ir em outro bairro. Sem a ponte tem que dar uma volta grande e ninguém quer”, explicou Osmar.

Buraco que se abriu com a parte da ponte que caiu. (Foto: Marcos Maluf)
Buraco que se abriu com a parte da ponte que caiu. (Foto: Marcos Maluf)

 O Campo Grande News entrou em contato com a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) e em nota eles informaram que a enxurrada levou parte do aterro de uma das cabeceiras da travessia e danificou um trecho da drenagem que será refeito, o reparo será iniciado amanhã e a interdição será reforçada.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário