A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/07/2016 19:07

Nenhuma das três unidades de saúde inauguradas por Bernal funciona

Prefeito tinha só até 2 de julho para lançar obras por conta de regra eleitoral, mas locais ainda não estão abertos à população

Mayara Bueno
UPA do Santa Mônica está pronta, foi inaugurada, mas ainda não está aberta à população. (Foto: Marina Pacheco)UPA do Santa Mônica está pronta, foi inaugurada, mas ainda não está aberta à população. (Foto: Marina Pacheco)
Alguns moradores procuraram atendimento hoje na unidade do Bairro Ana Maria do Couto. (Foto: Marina Pacheco)Alguns moradores procuraram atendimento hoje na unidade do Bairro Ana Maria do Couto. (Foto: Marina Pacheco)
No Jardim Paradiso a situação é a mesma.(Foto: Marina Pacheco)No Jardim Paradiso a situação é a mesma.(Foto: Marina Pacheco)
Ideal seria inaugurar, mas já funcionar, diz morador do Santa Mônica. (Foto: Marina Pacheco)"Ideal seria inaugurar, mas já funcionar", diz morador do Santa Mônica. (Foto: Marina Pacheco)

As três unidades de saúde inauguradas pelo prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), na sexta-feira (1º), ainda não funcionam. A justificativa dada pela Prefeitura de Campo Grande aos moradores foi que médicos precisam ser remanejados de outras unidades para atender as novas construções.

Na sexta, foram inauguradas a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Santa Mônica e duas UBSF (Unidade Básica de Saúde Familiar), uma no Jardim Paradiso e outra no Bairro Ana Maria do Couto. A reportagem do Campo Grande News esteve nos três locais na tarde desta segunda-feira (4) e a informação foi que alguns moradores chegaram a procurar atendimento e outros souberam que as unidades só serão abertas ao público daqui alguns dias.

No caso da UPA do Santa Mônica, o prefeito havia dito na sexta-feira que as atividades só seriam iniciadas em, pelo menos, 20 dias. Por lá, a estrutura externa está completa. Ele afirmou que os profissionais que vão atuar no Santa Mônica já foram chamados de concursos anteriores.

O prefeito resolveu inaugurar a unidade mesmo sem poder entrar em funcionamento imediato, pois entregas de obras só poderiam ser feitas até 2 de julho, em cumprimento à regra eleitoral. Quando de fato estiver pronta para a população, a nova UPA vai atender cerca de 100 mil moradores de uma área que engloba sete bairros. Somente nesta unidade, foram investidos R$ 3,8 milhões.

Segundo o microempresário Marcelo dos Santos, morador do Bairro Santa Mônica, a informação que recebeu é que o Município ainda estaria contratando médicos. “O ideal seria entregar já para funcionar. Mas vamos aguardar”, disse. No local, havia somente um guarda municipal.

Na UBSF do Ana Maria do Couto a situação é a mesma. O prédio está pronto, inclusive com equipamentos na unidade, mas permanece fechada. Alguns moradores chegaram a ir ao posto. “Disseram que hoje funcionaria, mas não. Algumas pessoas chegaram procurar atendimento”, disse uma moradora, que preferiu não se identificar.

De acordo com a presidente do bairro, Edna Maria Portela Siqueira, a Prefeitura informou a ela que médicos estão sendo remanejados de outras unidades e novos profissionais concursados serão convocados. “Disseram que essa semana resolve. Vamos ver. A gente entende, graças a Deus pelo menos foi inaugurada”.

Da mesma forma, na unidade do Jardim Paradiso os moradores souberam que o atendimento deve começar na quinta-feira, segundo Wilker Denis.

Nas três unidades, desde sexta-feira, permanecem guardas municipais e alguns funcionários ficam durante o dia. A reportagem procurou o Município, por meio da assessoria de comunicação, mas não obteve resposta até o fechamento e publicação deste texto. À Prefeitura foi questionado o motivo de as três unidades de saúde não estarem funcionando e qual a data prevista para a inauguração de fato.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions