ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 31º

Capital

No 1º dia, apartamentos do Cabreúva já tem mais de 6 mil interessados

Inscrições vão até o dia 15 e sorteio dos contemplados deve acontecer no mês de agosto

Nyelder Rodrigues | 01/06/2021 15:53
Apartamentos devem ser ofertados pra famílias com até 5 salários mínimos (Foto: Reprodução)
Apartamentos devem ser ofertados pra famílias com até 5 salários mínimos (Foto: Reprodução)

Já passa da casa dos 6 mil interessados o total de pessoas inscritas para concorrer ao sorteio dos 498 apartamentos da Amhasf (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários), conforme dados da própria pasta. As inscrições para a seleção foram abertas nesta terça-feira (1º) e vão até o dia 15. De saída, já são mais de 12 concorrentes por imóvel.

Conforme o edital, podem participar famílias com renda de até cinco salários mínimos, o que equivale hoje a R$ 5.225. As moradias serão construídas pela Césari Engenharia e Construção. O sorteio deve acontecer no dia 6 de agosto.

Durante a sessão de hoje na Câmara Municipal, as inscrições foram abordadas pelo vereador Delei Pinheiro (PSD) no fim dos trabalhos, afirmando que até aquele momento, por volta das 10h já haviam 5,5 mil inscritos, surpreendendo a equipe da pasta. Delei é ligado ao setor fundiário, já que é servidor de carreira do órgão.

A construção dos 498 apartamentos para a Amhasf acontece em uma contrapartida da cedência da área para a construção de 782 apartamentos privados, que serão comercializados fora do grupo de beneficiados pela agência, conforme explicado por Delei ao comentar as moradias que vão a sorteio.

Inscrições - Ainda de acordo com o edital, as inscrições serão feitas pelo site da Amhasf (que pode ser acessado aqui) e também das 8h às 17h na sede da agência,  localizada na travessa Íria Loureiro Viana, nº 415, Vila Oriente.

O edital com as regras está publicado no Diogrande de 17 de maio (que pode ser acessado aqui) a partir da página 9. O empreendimento será levantado em terreno localizado no fundo do Centro de Belas Artes. O preço das casas na região, conforme levantamento, variam de R$ 300 mil a R$ 800 mil, em média.

Nos siga no Google Notícias