ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Noite teve 42 ligações para serviço de acolhimento a pessoas em situação de rua

Por Paula Maciulevicius Brasil | 30/07/2021 11:38
Na noite de quinta (29), 11 pessoas foram abordadas na Capital. (Foto: Divulgação)
Na noite de quinta (29), 11 pessoas foram abordadas na Capital. (Foto: Divulgação)

O frio da noite dessa quinta-feira (29) fez com que 42 pessoas ligassem para o Seas (Serviço Especializado de Abordagem Social), que passa nos bairros da Capital oferecendo cobertores, mantas e abrigo para pessoas em situação de rua.

Nesta madrugada, foram 11 pessoas abordadas, dois cobertores entregues e três pessoas que aceitaram ir para a Uaifa (Unidade de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias), conhecido antigamente como Cetremi, na saída para Três Lagoas.

Assistência Social oferece levar pessoas para abrigos e quem rejeita, recebe cobertores. (Foto: Divulgação)
Assistência Social oferece levar pessoas para abrigos e quem rejeita, recebe cobertores. (Foto: Divulgação)

Para chamar equipe de abordagem, população pode ligar para os telefones: 98404-7529 e 98471-8149. O trabalho do Seas é 24h, mediante ligações, e à noite, feito a partir das 18h em pontos já definidos anteriormente.

Com a nova onda de frio que chegou nesta semana, o trabalho ganhou reforço. Há também a demanda espontânea de pessoas que procuram o centro POP (Centro de Referência Especializado de Assistência Social para a população em situação de rua).

Segundo a SAS (Serviço de Assistência Social), o acolhimento em épocas de baixas temperaturas aumenta 20%. Já a chamada demanda espontânea, quando as pessoas procuram o POP, aumenta em 50%.

No local é feita triagem, e as pessoas recebem roupas, agasalhos, alimentação e são encaminhas para as unidades específicas de acordo com o perfil. O Centro POP fica bem no Centro, na Rua Joel Dibo, 255.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário