A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

20/06/2018 08:57

Nova lombada, em teste na Gury Marques, “freia” apressadinhos

Já no lado contrário, onde equipamento está desligado, alta velocidade de motoristas chama a atenção

Danielle Valentim e Bruna Kaspary
Luzes estão ligadas, mas velocidade ainda não aparece no painel. (Foto: Saul Schramm )Luzes estão ligadas, mas velocidade ainda não aparece no painel. (Foto: Saul Schramm )

O novo radar instalado na Avenida Gury Marques - no sentido bairro/centro - em frente à Centro Universitário Anhanguera, na Chácara das Mansões, “freia” motoristas apressados, mesmo em testes, nesta quarta-feira (20). Por outro lado, na via contrária, onde o equipamento está desligado a alta velocidade de condutores chama a atenção. A Agetran (Agência Municipal de Trânsito) ainda não divulgou os demais endereços, que devem receber as lombadas.

Matéria do Campo Grande News já havia informado que a maioria dos radares serão trocados de local, para atender a um estudo de acidentes e fluxo de trânsito. O Consórcio Cidade Morena vai ser responsável por instalar e administrar os radares de trânsito da Capital.

Na região, moradores e comerciantes comemoram chegada de sinalizador. O lavador de carros Anderson Gonçalves, de 37 anos, mora na região há 32 anos e afirma que o local sempre precisou de radar. “Ultimamente tem aumentado fluxo e a velocidade. Não precisa, nem ser avenida, nas ruas laterais também”, diz o morador.

Segundo ele, os condutores descem uma rua abaixo para fugirem do radar e “acelerar”. “Tem motociclista que passa a mais de 80 km/h”, garante.

A vendedora Jamile Ribeiro, de 25 anos, acredita que qualquer lugar que receba grande fluxo de carros e pedestres precisa de lombada. Ela lembra que de um lado fica a universidade e do outro um comércio. “Eu acredito que onde tenha grande circulação de pedestres e carros é sempre importante ter radar”, disse.

A coordenadora operacional Maria Auxiliadora Martins, de 49 anos, reclama que, além da alta velocidade muitos motoristas usam as vias auxiliares na contramão. “Para eles não cruzarem a Gury Marques e fazer o retorno, eles entram na contramão, mesmo. Se as pessoas tivessem consciência, no trânsito principalmente, mas aqui ninguém respeita ninguém”, disse.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, a licitação dos radares ainda está em andamento e está na fase de avaliação dos equipamentos. Foram escolhidos dois pontos, esse da Avenida Gury Marques e outro da Avenida Lúdio Coelho com Rua Petrópolis.

A Agetran escolheu os locais e os aparelhos foram instalados para avaliação e testes - não haverá multas. ​De acordo com o edital do pregão: A Instalação dos equipamentos e sistemas são testes de avaliação em Escala Real serão realizados a fim de avaliar a conformidade de atendimento aos requisitos mínimos constantes no Edital e seus anexos por uma Comissão Técnica da Agetran.

 

Alerta - A reportagem esteve na Gury Marques nesta manhã e constatou que, mesmo sem registrar a velocidade, a estrutura deixa os motoristas em alerta. Diferente da via sem o radar, em que os motoristas continuam em alota velocidade.

A expectativa é que concluindo as etapas de testes, o contrato seja assinado no final de julho, para que os radares sejam implantados definitivamente na Capital. Os 66 radares fixos e lombadas que existiam na cidade foram desativados em dezembro de 2016, quando venceu o contrato com a Perkons. Agora, serão instalados cerca de 90 equipamentos de controle de faixas.

Agora, serão instalados cerca de 90 equipamentos de controle de faixas. (Foto: Saul Schramm)Agora, serão instalados cerca de 90 equipamentos de controle de faixas. (Foto: Saul Schramm)
Nova estrutura é menor. (Foto: Saul Schramm)Nova estrutura é menor. (Foto: Saul Schramm)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions