ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 26º

Capital

Número de mortes no trânsito da Capital cai 45% no primeiro semestre

Flávia Lima | 14/07/2015 12:07
Fiscalização intensiva ajuda a coibir infrações. (Foto:Divulgação)
Fiscalização intensiva ajuda a coibir infrações. (Foto:Divulgação)

Dados do placar da vida apontam redução de 45% no número de mortes em decorrência de acidentes de trânsito no primeiro semestre de 2015. Conforme o levantamento, no primeiro semestre de 2014 foram computadas 74 mortes enquanto que de janeiro a julho de deste ano, foram registradas 40 mortes até o dia 13 deste mês.

Os motociclistas continuam sendo as principais vítimas, em muitos, casos, devido a imprudência. De janeiro a julho de 2014 foram 45 mortes contra 27 no primeiro semestre de 2015.
Outro dado que chamou a atenção do GGIT (Grupo de Análise de Acidentes do Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito) foi a redução de 43% no número de óbitos no trimestre, em relação aos três primeiros meses do ano passado.

Foram registrados 30 óbitos nos três primeiros meses do ano passado, contra 17 em 2015. Este é o menor índice desde a criação do GGIT, em 2010.

O levantamento considerou as mortes ocorridas no local do acidente e as que aconteceram em um período de até 30 dias após o acidente. “Estas orientações são da Organização Mundial de Saúde (MS), para que haja padronização na contagem das vítimas”, explicou a diretora-presidente da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Elizabeth Felix.

As estatísticas revelam que no primeiro trimestre de 2014 foram registrados 21 óbitos de motociclistas, três de pedestres, cinco de ciclistas e um de passageiro. Já neste primeiro trimestre de 2015 foram 12 mortes de motociclistas, dois de pedestres, um de ciclista e dois de condutores.

Para Elizabeth Félix, a queda nos índices são um reflexo das ações e campanhas educativas realizadas pelo GGIT, em parceria com o Detran e polícias de trânsito, que vem intensificando as blitze e orientações aos condutores na Capital.

Apenas em uma blitz realizada no último domingo, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e BPTran (Batalhão da Policia Militar de Policiamento de Trânsito), flagraram cinco motoristas embriagados, que foram presos. A operação também contabilizou 102 notificações de trânsito. A ação foi realizada em conjunto com a Guarda Municipal e o Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Realizada na Avenida Gury Marques, a ação ainda vistoriou 3.416 mil veículos.

Nos siga no Google Notícias