A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/10/2015 12:32

Número de policiais militares em MS será ampliado em 8% até 2018

Luana Rodrigues
Aumento do efetivo será gradativo. (Foto: Arquivo/ Marcelo Calazans)Aumento do efetivo será gradativo. (Foto: Arquivo/ Marcelo Calazans)

Foi publicada no Diário Oficial do governo de Mato Grosso do Sul desta terça-feira(06), a lei complementar nº 203, que trata sobre a redistribuição do efetivo da PM(Polícia Militar) no estado. Conforme a lei, até 2018 o estado deve contar com mais 716 policiais, um aumento gradativo de 8% no efetivo.

Segundo a nova legislação, serão ampliadas vagas para as patentes de oficiais e praças militares. O efetivo da PM que hoje, segundo ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul) é de  8. 900 policiais, deve passar para 9. 142 até o final deste ano. Em 2016, o quadro deve ser ampliado em mais 158 vagas. Já em 2017, o estado terá 9. 458 policiais e em 2018 serão 9. 616 homens no quadro de Organização da Corporação.

A função com maior aumento de efetivo é a de cabo, serão 600 novas vagas. O que significa que em três anos o quadro deve passar de 1. 762 para 2. 362. Para a função de 3º sargento são mais 441 vagas, para 2º sargento 290, o que representa 30 vagas a mais a cada ano; e para a patente de 1 º sargento, mais 180 vagas.

Conforme o presidente da ACS (Associação de Cabos e Soldados da Polícia Militar e Bombeiro Militar de Mato Grosso do Sul), Edmar Soares, a alteração na lei significa um avanço que beneficia tantos os policiais, quanto a sociedade. "É o reconhecimento do serviço prestado, a gente gostaria de ter mais, mas temos que reconhecer que o momento não é tão propício, e temos que ter a compreensão que tudo vai se refletir na questão financeira do estado", considera.

Para a patente de 2º tenente as vagas serão ampliadas de 145 para 220. Já 1º tenente, o número de vagas passa de 115 para 160. Também haverá mais vagas para as patentes de capitão(25), major(02), tenente coronel(04) e coronel(02). "As prioridades são as bases, mas a partir do momento que se promove um soldado para cabo, são abertas vagas para o governo contratar/ realizar concursos. Pelo nosso levantamento, em 2018 serão 4. 140 vagas de soldados a serem preenchidas", explica o presidente.

Segundo o Governo do estado, serão utilizados recursos próprios para formação e prática dos policiais para que a lei seja colocada em prática.

Bombeiros - Conforme a lei complementar nº 204, publicada no Diário Oficial de hoje(06), o efetivo do Corpo de Bombeiros do Estado também deve mudar até 2018. A expectativa é que o quadro de servidores deja de 3.732, mas não há na lei o detalhamento da ampliação das vagas por patente.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions