A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

26/06/2013 23:59

OAB/MS irá apurar mortes de presos em delegacias da Capital

Helton Verão

Após a morte de três presos na capital em delegacias da Polícia Civil nessa semana, a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul) oficializou junto a Sejusp (Secretaria Estadual de Segurança Pública), nesta quarta-feira (26) o pedido de apuração das mortes.

Através da Comissão de Direitos Humanos, a Seccional vai acompanhar a apuração dos fatos. “Prezamos pela integridade física dos seres humanos e não podemos admitir episódios como esses. As condições precárias e a superlotação das delegacias e presídios de nosso Estado são apontadas e cobradas incansavelmente pela OAB/MS para que sejam tomadas providências mais emergenciais”, diz o presidente da OAB/MS, Júlio Cesar Souza Rodrigues.

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MS, Joatan Loureiro, aponta que já solicitou audiência com a Corregedoria da Polícia Civil e com o delegado responsável.

A Comissão quer ainda cópias dos laudos do IML (Instituto Médico Legal) para analisar as informações contidas no exame de corpo de delito.

As primeiras mortes aconteceram na última sexta (21). Os presos Diego Oliveira Lima e Anderson Santana Martins foram encontrados mortos em cela da Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos) e no sábado (22), foi registrada a morte do preso Mário Baltazar de Oliveira, 33 anos, na 4ª Delegacia, nas Moreninhas.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions