ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Oficina que deixou carro ao "relento" indenizará cliente em R$ 7,1 mil

Segundo o dono do carro, veículo foi entregue pela oficina com vários danos

Por Kerolyn Araújo | 29/09/2020 17:25
A decisão é da 13ª Vara Cível de Campo Grande. (Foto: Divulgação/TJMS)
A decisão é da 13ª Vara Cível de Campo Grande. (Foto: Divulgação/TJMS)


Oficina mecânica de Campo Grande foi condenada a indenizar cliente em R$ 7.160,00 mil, por danos materiais, após o veículo ser danificado ao ficar no relento. A decisão é da 13ª Vara Cível.

O autor do processo contou que deixou o veículo para conserto na oficina e pagou R$ 2,1 mil pelo serviço. Segundo o cliente, além do carro não ter sido arrumado, a oficina deixou o automóvel ao relento, causando danos nas lanternas, estofado, painel, volante, pneus, parachoque, na parte elétrica e lataria, causando prejuízo estimado de R$ 7 mil.

A empresa não manifestou reposta sobre a ação movida e foi condenada a indenizar o cliente por danos materiais. " O autor juntou fotografias das quais se observa o seu veículo estacionado ao relento e parte dos danos referidos na inicial, bem como orçamento dos reparos necessários", disse o juiz Alexandre Corrêa Leite.

Ainda segundo o magistrado, como se trata de uma relação de consumo, é dever do fornecedor arcar com os danos decorrentes na prestação dos serviços. O pedido de danos materiais, também feito pelo autor do processo, foi negado pelo juiz.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário