A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

08/11/2014 12:49

Olarte se reúne com professores para definir reajuste salarial

Eduardo Penedo e Michel Faustino

O prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP), está neste momento reunido com representantes da ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação) e vereadores para discutir o reajuste da categoria. A reunião teve início por volta das 11h40, e está acontecendo no gabinete do prefeito no Paço Municipal.

A reunião acontece a portas fechadas e  é para que o prefeito mostre para a categoria as propostas contidas no projeto de Lei enviado ontem à noite a Câmara que adia de outubro deste ano para maio de 2015 o pagamento do reajuste dos professores. A proposta ainda divide o reajuste de 8,46% em duas parcelas, com o segundo pagamento para outubro do próximo ano.

Os professores já estão em grave faz dois dias. Eles reivindicam o reajuste de 8,46%, que eleva a remuneração inicial que passa de R$ 1.564 para R$ 1.697 (100% do piso nacional). Já quem está acima na estrutura de carreira terá o salário aumentado de R$ 2.347 para R$ 2.546.

O presidente da ACP, professor Geraldo Alves explica que a solução do prefeito Gilmar é cumprir a lei, em vigor desde 2013. Ele lamenta a atitude do prefeito em tentar jogar a opinião publica contra os professores.

Segundo o presidente da Câmara, vereador Mário Cesar (PMDB), o projeto enviado pelo prefeito sobre o parcelamento dos salários não garante o pagamento dos professores. Ele explicou que no projeto há uma clausula que diz que se o prefeito não tiver dinheiro em caixa não pagará o salário dos professores.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions