ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  14    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Via alternativa à Gury Marques vira pista de corrida e moradores pedem providências

Por Fernando da Mata | 29/02/2012 11:43

Rua Barão de Itapetininga... (Fotos: Marlon Ganassin)
Rua Barão de Itapetininga... (Fotos: Marlon Ganassin)
Veículos subindo rua que virou pista de corrida
Veículos subindo rua que virou pista de corrida

A rua Barão de Itapetininga, no bairro Pioneiros, região sul de Campo Grande, se tornou uma via alternativa para os condutores que querem fugir do trânsito intenso da avenida Gury Marques, saída para São Paulo.

Porém, os moradores da região reclamam que os veículos trafegam em alta velocidade na rua, que está ligada à Júlia Pereira de Souza após a ponte com o córrego Bálsamo.

O eletricista Sérgio Adriano da Silva, 34 anos, ressaltou que um acidente por semana é normal na rua. “Aqui não tem como brincar. Brincou, lascou.”

A aposentada Maria Pastora Ribeiro, 66 anos, reclamou também do fluxo. “É um movimento tão grande que a gente não consegue atravessar a rua, principalmente no início da manhã e no fim da tarde.”

O movimento na Barão de Itapetininga nem sempre foi assim. A auxiliar de serviços gerais Jovelina Oliveira Martins, 38 anos, contou que antigamente, não era via rápida.

“Depois que fizeram asfalto, se tornou”, relatou Jovelina, afirmando ainda que vários ofícios foram enviados para a prefeitura com pedido de instalação de algum redutor de velocidade.

“Os veículos voam para descer a rua”, afirmou o aposentado José Ricardo da Silva, 76 anos.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) vai estudar a possibilidade de colocar um redutor de velocidade na rua. Se o órgão constatar a necessidade, vai entrar com pedido.

De acordo com a assessoria, qualquer cidadão pode fazer pedido de redutor de velocidade para a Agetran por meio de ofício ou informar a demanda pelo telefone 118.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário