A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/04/2014 08:40

Operários da construção civil cruzam os braços em greve anunciada

Aliny Mary Dias

Anunciada pelo setor há dias, a greve geral dos trabalhadores da construção civil teve início nas primeiras horas do expediente desta quarta-feira (23). A previsão era de uma adesão de 20 mil operários, mas por enquanto não há balanço da paralisação em Campo Grande.

De acordo com o presidente do (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário de Campo Grande), José Abelha, equipes do sindicato estão percorrendo canteiros de obras desde o início do dia. “Nós estamos na correria e já mandamos muito trabalhadores voltar para a casa”, diz.

Conforme dados da entidade, são 30 mil homens trabalhando em 400 obras de Campo Grande. A paralisação deve afetar obras públicas e privadas, entre elas estão a construção do Aquário do Pantanal e as obras das construtoras Plaenge, MRV, PDG e Brooksfield.

O objetivo da greve é um aumento salarial superior aos 5,39% apresentado pelo setor patronal e recusado pelos trabalhadores.

No ano passado, segundo o presidente do Sintracom, José Abelha Neto, pelo menos 15 mil homens deixaram os canteiros de obras. “Neste ano, esperamos uma adesão ainda maior já que eles estão mais conscientes”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions