A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

14/10/2013 11:51

Paciente é indenizada em R$ 10 mil por erro em implante dentário

Bruno Chaves

A Odontoplano - Plano de Saúde Odontológico Ltda. foi condenada na Justiça a pagar indenização por danos morais, no valor de R$ 10 mil, à paciente Fátima Conceição Batista Martins, que recebeu um tratamento de implante dentário de forma inadequada. O plano odontológico também deverá restituir os valores gastos no tratamento.

A sentença foi proferida pelo juiz da 15ª Vara Cível de Campo Grande, Flávio Saad Peron. A cliente informou que aderiu ao plano da empresa para realizar um tratamento de implante dentário. No entanto, vinte dias após a implantação dos pinos e das próteses, começou a ter febre alta e apresentar inchaço na parte superior da boca.

De acordo com informações do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), ao procurar o médico que realizou o implante, a cliente foi informada que o problema era decorrente da falta de adaptação, sendo aconselhada a ter paciência, mas o problema persistiu. Decepcionada com a situação, ela procurou outro profissional, o qual a aconselhou a voltar no local que realizou o implante, onde foi constatado que, dos quatro pinos implantados, dois deveriam ser retirados com urgência, o que foi feito.

Passados quatro meses, Fátima procurou outro dentista e pagou R$ 200 para a retirada do terceiro pino. Três meses depois, a paciente pagou mais R$ 200 para a retirada do quarto e último pino. Contudo, após ser examinada, foi constatado que houve perda quase total dos seus ossos maxilares, havendo necessidade de duas cirurgias para enxerto ósseo na mandíbula ao custo de R$ 10 mil.

Desta forma, a mulher procurou a Justiça para ser ressarcida dos danos sofridos. O plano odontológico contestou a ação e afirmou que não lhe pode ser atribuída responsabilidade pelo insucesso dos implantes, pois não houve imperícia ou negligência do seu dentista. Pelo contrário, sustenta que, embora orientada a não utilizar prótese dentária logo após o implante, a autora teria feito uso dela, o que ocasionou o problema no tratamento dentário.

No entanto, para o juiz, como a ré não comprovou a culpa exclusiva da autora, e, por outro lado, as provas e depoimentos dos autos demonstram que a autora seguiu as recomendações do dentista, deverá o plano odontológico arcar com os danos materiais sofridas por ela.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions