A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/04/2013 12:12

Pacientes reclamam da falta de remédios no posto de saúde do Tiradentes

Gabriel Neris e Luciana Brazil
Posto do bairro Tiradentes, na região leste, está com falta de medicamentos (Foto: Vanderlei Aparecido)Posto do bairro Tiradentes, na região leste, está com falta de medicamentos (Foto: Vanderlei Aparecido)

Pacientes do posto de saúde do bairro Tiradentes, localizado na região leste de Campo Grande, estão reclamando da falta de remédios disponíveis para a população.

A procura na manhã deste sábado (20) deixou algumas pessoas frustradas ao chegarem ao posto.

A assessora de vendas Daiana Landigraf da Silva, de 26 anos, relata que foi na sexta-feira ao mesmo posto de saúde reclamando de dores no estômago. Foi atendida pelo médico, que passou uma receita e indicou dois remédios. Porém, ela afirma que os medicamentos não surtiram efeito.

Hoje retornou ao posto do Tiradentes. O médico que lhe atendeu receitou omeprazol. Quando foi a farmácia do posto buscar o remédio, não havia o medicamento citado. “Vou ficar com dor”, lamenta.

A dona de casa Silvana Dias, de 27 anos, conta que foi ao posto buscar ipuprofeno para a filha de 10 anos, mas também se deparou com a falta da medicação. A mulher diz que a febre da menina não passa.

A reportagem entrou em contato com o secretário de Saúde, Ivandro Fonseca, que via assessoria de imprensa disse que foi aberta sindicância para averiguar a falta dos medicamentos e o processo de compra dos remédios está em fase de licitação.

Fonseca acrescentou que são 180 sindicâncias que estão sendo publicadas diariamente no Diáfio Oficial. 

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


OLHA NÃO ME VENHA COM ESSA ..FALTA DE REMÉDIO NOS POSTOS DE SAUDE VEM DESDE O TEMPO DO ANDRÉ ..NOS POSTOS SÓ TEM DIPIRONA E PARACETAMOL ISSO JA FAZ ANOS E MAIS ANOS QUE VEM ACONTECENDO .
 
wilson araujo fonseca em 20/04/2013 17:24:12
Sindicancia??? Falta planejamento que tanto o então candidato pregou. Se havia remédio até semanas atras é porque foram comprados na gestão anterior. E a atual gestão, com total falta de capacidade não licitou, então faltou!!!!
Acorda CG...........................................................
 
Juca Lima em 20/04/2013 15:16:28
Que absurdo, que indignação. Tem pessoas que nem passe de ônibus tem para ir ao posto levar seus filhos, muito menos terá dinheiro para comprar remédio por mais "baratinho" que seja. Não interessa se é ou não baratinho, onde está o dinheiro dos nossos impostos? Fica gastando horrores com essas propagandas enganosas na televisão, achando o povo com cara de idiota. Em vez de gastar com propaganda enganosa, usa esse dinheiro para comprar medicamentos e atender a população nos postos de saúde.
 
Allice Acunha em 20/04/2013 15:07:59
Tremenda de uma vergonha aos que acreditaram que campo grande se tornaria uma cidade melhor,fui atendida no posto 26 de agosto no são francisco e a infermeira chefe como não tinha o remédio me disse que era baratinho na farmácia,se não fosse aquele cartaz que fala em não desacatar funcionario ela ia ver o baratinho.O povo não tem mais paciência.
 
vaneska ribeiro em 20/04/2013 12:58:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions