A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/01/2016 20:24

Padrasto é suspeito de estuprar enteada no Nova Lima

Cristina Livramento

Um padeiro de 28 anos é considerado foragido após estuprar a uma criança de 11 anos, filha de sua companheira, também de 28 anos, que está grávida dele. De acordo com a delegada da Depca (Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente), Daniela Kades, o padrasto fugiu após uma segunda tentativa de estupro.

De acordo com o boletim de ocorrência, a criança estava em casa quando sofreu a violência e proibiu a criança de contar sobre o ocorrido. A mãe, trabalha de dia e o padrasto, que é padeiro, à noite. É ele quem fica com as crianças, a vítima e outros dois irmãos menores, em casa.

No dia seguinte, 22 de janeiro, o suspeito tentou mais uma vez violentar a enteada, mas dessa vez ela correu para a casa da tia na companhia dos irmãos menores e relatou o fato. Foi a tia quem ligou para a PM (Polícia Militar), porém quando chegaram à residência, o suspeito não foi localizado.

A PM então encaminhou todos para a Deam (Delegacia Especializada de Proteção à Mulher), onde a criança foi ouvida por um psicólogo e foi solicitado o exame de corpo delito. O pai da criança também foi ouvido.

“A mãe não sabia que tinha havido coito vaginal, ficou sabendo quando veio até a Depca”, contou a delegada. “Agora vamos ouvir a mãe, a tia, anexar os depoimentos ao laudo e se constatar que o suspeito está foragido, vamos pedir a prisão dele”.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...


Enquanto o nosso País não tiver a pena de Prisão Perpétua para todos os crimes hediondos, todos os dias teremos notícias deste tipo de barbárie. Agora, vale ressaltar que apesar de ser pequeno o número de habitantes do Mato Grosso do Sul, os crimes contra as crianças aqui, estão se tornando uma banalidade, o que não se pode admitir. Portanto, todas as autoridades de todas as esferas e sociedade civil deveria fazer movimento em favor das nossas crianças.
 
Ezequiel em 26/01/2016 20:43:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions