A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

06/12/2012 09:30

Pai diz que crianças foram levadas enquanto trabalhava em fazenda

Paula Vitorino e Luciana Brazil
Conselheira Vânia diz que espera pai das crianças para apurar as informações. (Foto: Rodrigo Pazinato)Conselheira Vânia diz que espera pai das crianças para apurar as informações. (Foto: Rodrigo Pazinato)

As crianças de 13, 9 e 8 anos encontradas andando e pedindo carona no macroanel da BR-163, saída para Cuiabá, teriam sido trazidas para Campo Grande pela mãe, de acordo com depoimento do pai para o Conselho Tutelar.

Ele mora em Rio Verde e disse que há cerca de uma semana foi trabalhar em uma fazenda e deixou as crianças em casa. A mãe teria ido para Rio Verde, vendido os móveis da casa e trazido as crianças para morar com ela na Capital, segundo contou o pai para a conselheira Vânia Nogueira.

Ontem, as crianças foram encontradas perambulando na saída de Cuiabá e disseram ter andado a pé desde a Vila Nascer, onde moram com a mãe, para fugir das agressões feitas pela mãe e voltar para a casa do pai.

De acordo com o pai, a mulher é alcoólatra. A conselheira Vânia disse que o pai garantiu que está vindo para Campo Grande. Já a mãe não fez contato até esta manhã.

Se a criança mesmo que estiver mentindo o que vale é a palavra ela. Eles fazem o acolhimento e depois vão apurar a informação.

As crianças, uma menina de 13 e dois meninos, de 9 e 8 anos, estão em um abrigo na Capital e deverão ser ouvidos nesta manhã pelo Conselho. Um relatório será elaborado pela equipe psicossocial e enviado para o Conselho de Rio Verde, onde a conselheira disse que já existem registros sobre as mesmas crianças.

Vânia explica que o primeiro passo é o acolhimento das crianças e que agora serão apuradas as denúncias feitas por elas e tomar as providências contra os devidos responsáveis. O pai deverá ser ouvido pelo Conselho ainda hoje.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions