A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

31/10/2014 12:03

Pai e filho ficaram trancados em quarto durante assalto à conveniência

Filipe Prado e Francisco Junior
Pai e filho ficaram trancados em um quarto durante o assalto (Foto: Marcos Ermínio)Pai e filho ficaram trancados em um quarto durante o assalto (Foto: Marcos Ermínio)

Mesmo baleado, Manoel Alves da Silva, 60 anos, e o filho, Roberto Junior da Silva, 23, conhecido como Robinho, ficaram trancados em um quarto durante a ação dos bandidos. Por volta das 10h50, dois assaltantes invadiram uma conveniência na Avenida Júlio de Castilho, na Vila Palmira, pediram R$ 5 mil e balearam o proprietário no braço.

Robinho revelou que havia aberto a conveniência e estava lavando uma máquina, quando os assaltantes invadiram o loca e o renderam. “Eles falaram que queriam R$ 5 mil que tínhamos aqui”, contou. Os bandidos percorreram o estabelecimento, mas não encontraram o dinheiro.

A dupla percebeu que a casa dos donos da conveniência é anexada ao estabelecimento, então eles se dirigiram para a residência, conforme Robert. Manoel, percebendo o movimento no local, saiu de casa e avistou o filho rendido, que fez um sinal, avisando sobre o assalto. Com isso, a vítima fechou a porta rapidamente e os bandidos dispararam contra ele.

Os tiros transpassou a porta e atingiram o braço esquerdo da vítima. Então, os assaltantes prenderam pai e filho dentro de um quarto e fizeram uma vistoria pela casa, levando dois celulares e R$ 300. Os dois saíram da conveniência calmamente, segundo testemunhas, e fugiram utilizando uma moto, que estava estacionada em frente a uma pizzaria.

O homem foi socorrido por uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida e passa bem. Como Manoel possui diabetes, a recuperação poderá ser mais lenta.

A Polícia Militar foi acionada e realizou rondas pela região, encontrando dois suspeitos, mas, de acordo com Robert, eles não seriam os assaltantes. O Batalhão de Choque também foi encaminhado para o bairro para realizar rondas.

Em sete anos de conveniência, esse foi o primeiro assalto ao local, conforme Robinho.

O disparo transpassou a porta e atingiu o braço esquerdo da vítima (Foto: Marcos Ermínio)O disparo transpassou a porta e atingiu o braço esquerdo da vítima (Foto: Marcos Ermínio)
A Polícia Militar e o Batalhão de Choque foram acionados e realizam rondas pelo bairro (Foto: Marcos Ermínio)A Polícia Militar e o Batalhão de Choque foram acionados e realizam rondas pelo bairro (Foto: Marcos Ermínio)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions