A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/04/2015 10:09

Papa nomeia Dom Eduardo bispo em SP e polonês o substitui na Capital

Flávia Lima
Dom Eduardo continuará trabalho com juventude em Jaboticabal. (Foto:Divulgação)Dom Eduardo continuará trabalho com juventude em Jaboticabal. (Foto:Divulgação)
Frei Janusz ocupará posto de bispo auxiliar em Campo Grande. (Foto:Divulgação)Frei Janusz ocupará posto de bispo auxiliar em Campo Grande. (Foto:Divulgação)

O papa Francisco nomeou o bispo auxiliar da arquidiocese de Campo Grande, Dom Eduardo Pinheiro da Silva, como novo bispo da diocese de Jaboticabal, interior paulista. De acordo com a assessoria de imprensa da Arquidiocese da Capital, Dom Eduardo, que estava há 10 anos na Capital, recebeu a notícia nesta quarta-feira (22) durante a 53ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que acontece até esta sexta-feira (24), em Aparecida, São Paulo.

O evento anual do episcopado brasileiro reúne mais de 450 bispos, entre cardeais, arcebispos, bispos auxiliares e eméritos, além dos que fazem parte das igrejas de Rito Oriental. No total, são 274 circunscrições eclesiásticas representadas. Dom Eduardo deve retornar a Campo Grande na segunda-feira (27).

Nascido em 20 de janeiro de 1959 em Lins, interior de São Paulo, Dom Eduardo estudou Filosofia na Faculdade Salesiana de Filosofia, Ciências e Letras em Lorena (SP) e Teologia no Instituto Teológico Pio XI em São Paulo. Ele também tem licenciatura em Ciências da Educação com especialização em Pastoral Juvenil e catequética pela Pontifícia Universidade Salesiana em Roma.

Os votos perpétuos como membro da Congregação dos Salesianos de Dom Bosco foram feitos em 13 de janeiro de 1985 e ele foi ordenado sacerdote em 19 de janeiro de 1991.

No âmbito de sua Congregação, foi diretor da Casa de Formação para os candidatos do pré-noviciado, coordenador geral da Pastoral Juvenil na Inspetoria Salesiana de Campo Grande, membro do Conselho da Inspetoria, coordenador da Escola Salesiana de Araçatuba e vigário paroquial.

Dom Eduardo também é presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), trabalhou que rendeu a ele reconhecimento nacional devido ao vigor com o qual coordena as atividades. Em carta direcionada à párocos e responsáveis pela evangelização de jovens no país, em janeiro deste ano, Dom Eduardo ressaltou a preocupação com o trabalho da Pastoral Juvenil que, segundo ele, é responsável pelo surgimento de diferentes vocações entre os jovens.

“A Pastoral Juvenil é, intrinsecamente, Pastoral Vocacional, ou não é “Pastoral”. Em seu bojo, todo serviço aos jovens deve se tornar um apelo cativante, possível e concreto de seguimento a Jesus Cristo, nas mais variadas vocações”, explica dom Eduardo.

Novo bispo - Para ocupar o lugar de Dom Eduardo, o papa Francisco nomeou, em fevereiro, o frei Janusz Marian Danecki, como bispo auxiliar da arquidiocese de Campo Grande. Natural de Sochaczew, na Polônia, o frei atualmente é pároco da paróquia Nossa Senhora de Fátima em Juruá, na Prelazia de Tefé (AM). Ele pertence à Ordem dos Frades Menores Conventuais e há 30 anos atua na região amazônica.

Nascido em 8 de setembro de 1951, ele ingressou no Seminário Menor de Niepokalanów aos 14 anos. Foi ordenado presbítero no dia 19 de junho de 1977, em Sochaczew. Por oito anos exerceu o ministério sacerdotal na Polônia, passando por diversas paróquias e também na arquidiocese de Varsóvia até 1984. Desempenhou atividade na Pastoral Vocacional e no Centro Vocacional de Niepokalanów. Em 14 de abril de abril de 1985, foi enviado à Missão de São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil.

Na arquidiocese de Brasília e diocese de Luziânia (GO), ocupou a função de pároco em diferentes paróquias. No período d e1987 a 1994, exerceu atividade de formador no Seminário Propedêutico da Ordem dos Frades Menores Conventuais, no Jardim da Imaculada, em Luziânia e no Seminário São Francisco de Assis, em Brasília.

Foi diretor Nacional do Movimento Milícia da Imaculada e vigário da Província São Maximiliano Maria Kolbe no Brasil de 2003 a 2007. Em 2008, seguiu para a Missão Franciscana na Amazônia, onde está como paróco, na prelazia de Tefé (AM). Sua ordenação e posse como bispo auxiliar será dia 1º de maio, às 9 horas, no ginásio do colégio Auxiliadora.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions