A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

01/03/2012 09:10

Para comandante da PM, liberdade de Polaco é "banho de água fria"

Aline dos Santos

Polaco, apontado como maior contrabandista do país, está preso desde novembro

Polaco foi um dos alvos de operação que prendeu policiais por ligação com contrabando. (Foto: Pedro Peralta)
Polaco foi um dos alvos de operação que prendeu policiais por ligação com contrabando. (Foto: Pedro Peralta)

A liberdade de Alcides Carlos Grejianin, o Polaco, apontado como maior contrabandista de cigarros do País, foi recebida com insatisfação pelo comando da PM (Polícia Militar) em Mato Grosso do Sul.

“Foi um banho de água fria em todo esforço e trabalho feito pela polícia. Lamento a decisão da Justiça”, afirma o comandante da PM, coronel Carlos Alberto David dos Santos, que sofreu ameaça de morte de policiais envolvidos no esquema criminoso.

Polaco estava preso desde 23 de novembro, quando foi alvo da operação Alvorada Voraz, de repressão ao contrabando de cigarros. Na última segunda-feira, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) concedeu liminar para que Polaco e seu filho Dênis Marcelo Grejianin sejam soltos.

A decisão será cumprida na manhã desta quinta-feira. O alvará de soltura já foi expedido e está sendo checado se há algum impedimento, em outro processo, para que Polaco deixe o presídio de segurança máxima Jair Ferreira de Carvalho, a Máxima, em Campo Grande.

De acordo com a denúncia, policiais militares recebiam propina para permitirem a livre circulação de carregamentos de cigarros, que obrigatoriamente passam por Porto Murtinho, Bela Vista, Jardim, Sidrolândia e Campo Grande, rota dos contrabandistas vindos do Paraguai, com destino a outros Estados. Seis PMs foram presos e um coronel foi investigado.

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) apura o crime desde outubro de 2010. Foram realizadas apreensões de mais de 50 carretas de cigarros em Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, São Paulo e Paraná, totalizando sete milhões e quinhentos mil maços apreendidos e um prejuízo em torno de 20 milhões de reais para o grupo criminoso.

A operação foi realizada pelo Gaeco, PRF (Polícia Rodoviária Federal), comando da PM (Polícia Militar), com auxílio do Nurep (Núcleo de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal), num total de 200 profissionais. O nome “Alvorada Voraz” é alusivo à música do conjunto RPM, que retratava a existência de grupos criminosos formados por agentes públicos envolvidos em contrabando.

Polaco – Alcides Carlos Grejianin é dono de um patrimônio milionário. A justiça federal já sequestrou seis fazendas de propriedade do contrabandista, sendo uma avaliada em R$ 20 milhões. Ele responde a processos por contrabando de cigarro e lavagem de dinheiro. Em fevereiro de 2011, a justiça arrecadou R$ 7 milhões com leilão do gado apreendido.

Em agosto de 2007, Polaco chegou a ser preso quando foi apontado como um dos envolvidos na morte do auditor da Receita Federal, Carlos Renato Zamo. A morte foi em outubro de 2006. Ele foi encontrado carbonizado dentro de um veículo na MS-295, entre as cidades de Iguatemi e Eldorado.



Sou um tolo, estou aqui trabalhando pra ganhar uns miseros trocados no final do mes, como sou burro, idiota, me esqueço q estou no Brasil. Brasil, terra de bandidos
 
jose roberto da silva em 01/03/2012 12:57:15
A sociedade não quer saber quem investigou ou prendeu, o que importa é o bandido estar na cadeia. Vaidade profissional é problema de auto-afirmação.
Infelizmente os melindres processuais prevalecem sobre a verdade e os anseios sociais.
 
Thiago Vieira em 01/03/2012 12:47:22
A JUSTIÇA SÓ TEM DEMOSTRADO FORÇA QUANDO JULGA POLICIAIS, PARA SUPOSTAMENTE DEMOSTRAR QUE CUMPRE A LEI. PRIMEIRO: POLICIAL ONESTO NÃO TEM DINHEIRO. SEGUNDO: PENALIZAR, OU FALAR MAL DE POLICIAIS AINDA É A CAMPANHA POLÍTICA MAIS BARATA DE UM PAIS DE TERCEIRO MUNDO.
 
jorge_ferreira em 01/03/2012 12:02:44
A PF com sua investigação começa desmantelar esse crime organizado, e do nada entra em cena uma outra investigaçao atravessando a PF prende um monte de gente talvez os pequenos, surgem uma carta que ninguem da importancia, alguns meses depois os presos foram soltam talvez porque nao havia prova, e agora o cabeça dono do dinheiro. Estranho de mais tem "tatu nesse buraco" ai. So nao ve que nao quer.
 
carlos sanches em 01/03/2012 11:45:21
Decisão judicial é para se cumprida!!!
 
Ilton Barreto da Motta em 01/03/2012 11:28:45
Quantos será que custou essa brincadeira???
Parabéns Polaco, isso mostra o quanto é fácil ser honesto no Brasil, pelo menos aos olhos da justiça.
 
Evandson Carvalho em 01/03/2012 11:09:48
DEFINITIVAMENTE ESTE NÃO É UM PAIS SÉRIO. OS PODERES DA REPÚBLICA DÃO MOSTRAS DE SUAS FRAGILIDADES E DESCOMPASSO COM O CLAMOR DA SOCIEDADE. APLAUSOS!
 
Mariangela Silva em 01/03/2012 10:59:38
Esse é o nosso Poder Judiciário.
 
almir farias da cunha em 01/03/2012 10:51:24
é por estas e outras que existem a corrupção entre policias...nao justifica...mas onde fica a motivaçao dos policiais em trabalhar e fazer sua obrigacao se a propria justiça solta os bandidos,
 
keli regina em 01/03/2012 10:43:12
Digo e repito sempre, quem poderá nos defender da " justiça"? Algumas decisões contrariam o bom senso, contrariam a moral e sobretudo jogam por terra a esperança de um país civilizado, livre dos marginais e que realmente pune seus criminosos e livra a sociedade do convivio com pessoas a ela nocivas. Livrai-nos do judiciario. Amem.
 
Horlando P. de Mattos em 01/03/2012 10:39:52
Literalmente, a justiça é cega mesmo. Não vejo outra explicação para aqueles "olhos vendados". No mínimo esse traficante de cigarros vai continuar na mesma "balada". As contas de alguns juizes devem estar bem recheadas...Não vejo outra explicação.
 
Mª Lúcia Moreira em 01/03/2012 10:37:47
BRASIL um pais de tolos !!!! Aqui o que manda é a grana .. grana minha gente.. Infelizmente é assim... Infelizmente..
 
João Paulo em 01/03/2012 09:58:32
Começo a pensar que uma tirania, seria melhor do que essa vil democracia.
 
valter antunes em 01/03/2012 09:55:29
COITADOS DOS POLICIAIS DO BEM. ELES TRABALHAM TANTO PARA PRENDER OS BANDIDOS AI A JUSTIÇA VAI E SOLTA.É MUITO TRISTE ISSO. ONDE VAMOS PARAR COM ISSO.
 
ANA GOMES em 01/03/2012 09:53:19
Concordo com o delegado a justiça e para quem não tem dinheiro.
 
luiz carlos em 01/03/2012 09:40:51
Pra que ter policiais no Brasil se eles prendem os bandidos e a justiça solda, estes policiais fazem um serviço bem feito e depois são desmoralizados pelo SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA que acaba soltando esses bantidos sejam eles quem for, e ainda saem rindo da cara de todos, como se falasse aqui no BRASIL quem manda somos nós.
 
silvana F Silva em 01/03/2012 09:32:50
Peço vênia a Sr. Marco Antonio e faço minhas as suas palavras. Realmente a sociedade tem os politicos que merecem. Na época das campanhas para escolher os reprsentantes no congresso, assembléias e cãmaras, votam obstinados pelos "favores" que supostamente recebem e, depois, se lamentam pela legislação que temos. As mudanças são fruto da própria sociedade, seja para melhor ou para pior.
 
Jose Melo Irmao em 01/03/2012 03:30:51
ACHO QUE PODE ATÉ SOLTAR ELE , MAS OS BENS DEVEM SER SEQUESTRADOS E USADOS PELA UNIÃO , JÁ QUE OS IMPOSTOS QUE ESTA DEIXOU DE ARRECADAR PODERIAM SER USADOS NA SAÚDE EDUCAÇÃO E ATÉ SEGURANÇA PUBLICA.BANDIDO NÃO ACABA NUNCA E A AMBIÇÃO DE CERTOS POLICIAIS CONTRIBUI PARA QUE ELES TRAFIQUEM ROUBEM, ETC. TEMOS QUE TER ESPERANÇA QUE NOSSOS DEPUTADOS APROVEM UMNOVO CODIGO PENAL COM LEIS MAIS SEVERAS.
 
HELIO SOUZA em 01/03/2012 03:08:42
Resumindo pela lei, como já disse: se for realizar um contrabando, que faça um grande, pois a pena será quase a mesma, e quando sair da cadeia, sairá rico. Infelizmente, ela mesma incentiva.
 
Marco Antonio em 01/03/2012 02:34:17
Todo mundo aqui mete a boca na justiça, inclusive o comandante da PM (que eu admiro). Todavia, infelizmente, eu acho que ele demorou para ser solto. Contrabando, pena de 1 a 4 anos. Vocês não tem que reclamar da justiça, pois não são eles que fazem as leis. Reclamem, sim, daqueles que vocês colocaram em Brasília. Estes sim, tem mais responsabilidade.
 
Marco Antonio em 01/03/2012 02:33:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions