ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, QUINTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Para garantir que moradores fiquem em casa, prefeito entrega cestas básicas

Os kits foram doados por empresa e distribuídos na tarde deste domingo (29), logo após o temporal

Por Maressa Mendonça e Clayton Neves | 29/03/2020 17:36
Marquinhos chega para entrega de cestas na Favela do Mandela (Foto: Paulo Francis)
Marquinhos chega para entrega de cestas na Favela do Mandela (Foto: Paulo Francis)


O prefeito de Campo Grande Marquinhos Trad (PSD) esteve na Favela do Mandela, na tarde deste domingo (29), para distribuir cestas básicas para 164 famílias cadastradas na AMHASF (Agência Municipal de Habitação de Assuntos Fundiários). O diretor do órgão acompanhou as entregas. O objetivo da ação é fazer com que os moradores tenham meios de ficar em casa evitando contato social e maior propagação do novo coronavírus.

As cestas foram doadas pela empresa LPX agroindustrial após pedidos do Executivo. Em cada uma delas havia Produtos básicos como arroz, feijão, óleo, macarrão, café, açúcar, além de produtos de higiene e limpeza como sabonete, sabão e detergente. Os moradores também um kit verdura com alface, tomate pepino e limão.

Marquinhos comentou que as doações da empresa representam “mais que um ato de solidariedade, uma necessidade neste momento” e reforça a necessidade de os moradores ficarem em casa.

Ao todo, 164 famílias da favela estão cadastradas na Agência Municipal de Habitação (Foto: Paulo Francis)
Ao todo, 164 famílias da favela estão cadastradas na Agência Municipal de Habitação (Foto: Paulo Francis)


“Se a gente pede para eles ficarem em casa tem que criar alternativas para que eles permaneçam dentro de suas residências. Quando isso acontece é evidente que o poder do corona decai”, declarou o prefeito.

Marquinhos chama atenção para as condições de vida dos moradores. “Se a gente não ajudar qual alternativa eles têm para sobreviver? Vão buscar coisas ilícitas? Esse não seria o melhor caminho. Por isso estamos tentando suprir as necessidades dessas pessoas”.

Para fazer as entregas, o prefeito percorreu as vielas da favela, um pouco molhadas após temporal que atingiu Campo Grande nesta tarde.

Jardineiro José Miranda (Foto: Paulo Francis)
Jardineiro José Miranda (Foto: Paulo Francis)


Ele entrou em algumas casas para explicar sobre a necessidade do isolamento social e explicou o porquê de ter tomado algumas ações na cidade, como determinar o fechamento do comércio, suspensão do transporte coletivo e toque de recolher. “Fique em casa, se você pegar isso aí o hospital não vai nem olhar para vocês”, disse para um dos moradores.

O jardineiro José Miranda, de 77 anos, é um dos que receberam a cesta e comemorou. “Eu estava precisando. Vai ajudar bastante”.

Catador José Aparecido Soares (Foto: Paulo Francis)
Catador José Aparecido Soares (Foto: Paulo Francis)


Quem também estava precisando era o catador José Aparecido Soares, de 61 anos, especialmente depois que o serviço ficou “um pouco parado”, diz. “Veio em boa hora. A comida já estava acabando. Só tinha comida para, no máximo, uma semana e agora chegou essa. Graças à Deus vai ajudar bastante. Vai dar mais um tempinho para gente ir se virando”, finalizou.

Entrega de cestas básicas na Favela do Mandela (Foto: Paulo Francis)
Entrega de cestas básicas na Favela do Mandela (Foto: Paulo Francis)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário