A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/08/2014 15:57

Para roubar R$ 100 mil em jóias, ladrões furaram vítima com faca

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Quadrilha rouba cerca de R$ 100 mil em jóias, mas polícia recuperou R$ 90 mil (Foto: Marcelo Calazans)Quadrilha rouba cerca de R$ 100 mil em jóias, mas polícia recuperou R$ 90 mil (Foto: Marcelo Calazans)

A Polícia Civil desvendou um roubo com requintes de crueldade e tortura em Campo Grande. Durante três horas, no início do mês, uma quadrilha invadiu uma casa no Conjunto Rouxinóis, na saída para São Paulo, invadiu uma casa e os bandidos usaram uma faca para furar e torturar a vendedora de jóias. Eles roubaram produtos eletrônicos, o carro e aproximadamente R$ 100 mil em jóias.

Além de recuperar R$ 90 mil em jóias, a Defurv (Delegacia de Furto e Roubo de Veículos) identificou 10 receptadores dos produtos furtos e os quatro integrantes da organização criminosa. O acusado de ser chefe do bando e que usou uma faca para furar e riscar a vítima, Elias da Silva Maldonado, 27 anos, está foragido.

De acordo com a delegada Gabriela Stainle, da Defurv, ele foi identificado a partir das digitais coletas na faca usada para torturar e ferir a vendedora. O bandido está foragido. Outro integrante foragido é Jeferson Coelho Rocha Nogueira, 19. Um adolescente de 17 anos também foi apreendido.

O quarto integrante da quadrilha, William de Souza Feitosa, 22, que recebeu R$ 1 mil para participar do roubo, foi preso. Ele confirmou participação no assalto e no sequestro do casal. “Por causa de R$ 1 mil, estraguei a minha vida”, confessou.

William diz que jogou vida fora ao aceitar participar de crime por R$ 1 mil (Foto: Marcelo Calazans)William diz que jogou vida fora ao aceitar participar de crime por R$ 1 mil (Foto: Marcelo Calazans)
Faca usada para torturar vítimas foi pista da polícia para identificar grupo (Foto: Marcelo Calazans)Faca usada para torturar vítimas foi pista da polícia para identificar grupo (Foto: Marcelo Calazans)
Delegada segue na caçada para prender mais dois bandidos (Foto: Marcelo Calazans)Delegada segue na caçada para prender mais dois bandidos (Foto: Marcelo Calazans)

O assalto – Os quatro homens fizeram campana em um bar em uma casa abandonada perto da casa da vendedora de jóias. Por quatro dias, eles monitoram os passos da mulher e do marido.
Ela despertou os bandidos para o crime após doar um brinco de ouro para um bebê, que seria parente de Elias, segundo relato da delegada.

Com a rotina da família em mãos, os bandidos renderam o casal por volta das 23h do dia 6 de agosto deste ano. A mulher e o marido chegavam na casa em um veículo Sandero, quando foram rendidos pelos assaltantes.

Durante três horas, até às 2h da madrugada, eles permaneceram na casa. Elias usou uma faca para torturar a mulher, fazendo-lhe pequenos furos riscos no corpo. Eles também estavam com arma de fogo e ameaçavam matar o casal.

O grupo roubou três aparelhos de TV (duas de 42 polegados e uma de 50), câmera, aparelho de som, máquina de jato d’água para lavar o quintal, entre outros itens. Eles também roubaram o carro, que era locado, mas acabou sendo localizado no dia seguinte.

A quadrilha foi identificada a partir das digitais encontradas na faca. No entanto, dois dos quatro integrantes ainda não foram presos.

Elias deu algumas jóias de presente para a ex-sogra, Dóris Maria Almeida Torres Cáceres, 56, ex-mulher, Renata Torres Cáceres, 27, e a sobrinha, Fernanda Maldonado Osório, 19. Elas foram presas em flagrante por receptação. No entanto, elas pagaram fiança de R$ 2 mil e foram liberadas. Outros cinco adultos e dois adolescentes também foram indiciados por receptação.

De acordo com a Polícia, Elias, Willian e Jefferson foram indiciados por roubo, sequestro e restrição de liberdade das vítimas. O adolescente foi detido com um Gol roubado em abril deste ano em Campo Grande e também responderá pelos crimes.

Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions