A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Fevereiro de 2018

05/09/2017 22:15

Parceria prevê que presos trabalhem na conservação de cemitérios

Guilherme Henri
Diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves. (Divulgação/Agepen)Diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves. (Divulgação/Agepen)

Detentos do regime semiaberto irão trabalhar na conservação de cemitérios públicos de Campo Grande. A assinatura do termo de cooperação foi discutida durante reunião, nesta terça-feira (5) e de acordo com a legislação, presos terão direito ainda a redução de um dia de pena, a cada três dias trabalhados. Inicialmente, o projeto deve começar com 40 homens do semiaberto.

Os internos que participarem do projeto ainda terão direito a receber pelo menos 3/4 de um salário mínimo, mais 1/4 de salário mínimo em alimentação.

De acordo com o diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração Penitenciária), este tipo de parceria já foi feita com dez prefeituras no estado e tem trazido benefícios a todos. “Já temos esse convênio com 10 municípios e tínhamos anteriormente com a Prefeitura de Campo Grande. Estamos retomando o que é muito importante, pois desta forma ressocializamos e inserimos na sociedade a mão de obra do preso. Com isso, ele tem uma qualificação, uma maneira de sustentar sua família e voltar à integridade da sociedade”, destacou.

Presidente da Comissão de Segurança Pública, delegado Wellington salientou a importância de se dar oportunidade aos presos. “Os presos nesta fase de semiaberto, necessariamente, precisam de emprego para remir a sua pena. A cada três dias trabalhado é diminuído um dia de pena. Mas, o mais importante é a dignidade que está dando a ele, a oportunidade de um trabalho honesto, onde pode ver um horizonte longe da criminalidade”, disse.

Presidente da Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final, o vereador Otávio Trad (PTB), comentou que uma alternativa ao problema está sendo busca desde o começo do ano. Ele foi o responsável pela convocação de audiência pública sobre o tema. “Tanto eu, quanto o delegado Wellington, estamos desde o início do ano tentando resolver essa questão da manutenção e segurança dos cemitérios. Conseguimos uma evolução na questão da segurança, mas a manutenção ainda está muito aquém do ideal. Então, tivemos essa ideia, por meio de outros termos de a, por meio de outros termos de cooperação com os presos, e tenho a certeza que vai ganhar todo mundo", afirmou.

“A prefeitura quer entregar à população os cemitérios totalmente revitalizados e prontos para as pessoas fazerem suas homenagens. Com a assinatura deste termo temos a certeza que no Dia dos Finados todos terão a tranquilidade para visitar seus entes queridos”, afirmou o prefeito.

Homem morre após ser baleado por rua do Jardim Monte Alegre
Homem, ainda não identificado, morreu depois de ser baleado pela Rua Padre Julião Urquiza, no Jardim Monte Alegre, região sul de Campo Grande. O crim...
Homem é preso com R$ 100 mil de contrabando em shopping
Um homem foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), esta tarde (22), no Estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês, transportando carga avaliad...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions