A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/07/2014 11:10

Parque das Nações reforça segurança antes da inauguração de Aquário

Francisco Júnior
Parque recebe monitoramento a partir de Setembro. (Foto: Marcelo Calazans)Parque recebe monitoramento a partir de Setembro. (Foto: Marcelo Calazans)

O videomonitoramento do Parque das Nações Indígenas de Campo Grande vai entrar em funcionamento até setembro, um mês antes da inauguração do Aquário do Pantanal. É o que garante o presidente do Imasul (Instituto Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

De acordo com ele, os equipamentos são importados e já chegaram na Capital. “ Falta apenas chegar um software para começarmos a instalação”, explicou o presidente.

Serão instaladas 10 câmeras que irão cobrir toda a aérea do parque. O objetivo é trazer mais segurança para os frequentadores e coibir a ação de vândalos. “ Nós temos muitos problemas de depredação e pichação dento do parque. Com as câmeras vamos poder identificar quem comete esses atos. Outra coisa é o fato de quem vai ao parque se sentir mais seguro”.

O investimento para o videomonitoramento será de cerca de R$ 200 mil. Leonardo explica que as câmeras serão instaladas em locais estratégicos e com blindagem reforçada para que não sejam danificadas.

Além do Parque, o altos da Avenida Afonso Pena também será vigiado pelo equipamentos. O local é ponto de encontro principalmente nos finais de semana e vários casos de violência já foram registrados naquela área. “ Uma das câmeras é de longa alcance e vai possibilitar a identificação do rosto com maior nitidez. Vai mais fácil identificar quem provoca baderna”, garantiu.

As imagens geradas pelas câmeras serão enviadas para uma central que vai ser montada na base da Polícia Comunitária que já funciona dentro do Parque. Dois policiais irão ficar responsável por acompanhar tudo o que acontece 24 horas. “ Caso aconteça alguma coisa eles irão acionar imediatamente equipes de apoio para irem até o local da ocorrência”, explicou o titular.

A segurança será feita também por policiais que irão percorrer o Parque em bicicletas cedidas pela o Imasul em uma parceria com a Polícia Militar. Outra novidade será os monitores que ficarão de plantão para orientar os frequentadores de como procederem enquanto estiverem desfrutando das dependências do Parque das Nações.

Cerca de mil pessoas passam diariamente pelo Parque, número que aumenta consideravelmente aos fim de semana. Agora, com a inauguração do Aquário em outubro, a previsão segundo Leonardo, a procura pelo espaço vai ter um grande aumento. “Quem for ao Parque com certeza vai se sentir mais seguro para desfrutar de todas as suas belezas”, acrescentou Leonardo.

Policiais usarão bicicletas para fazer a segurança dentro do Parque. (Foto: Arquivo)Policiais usarão bicicletas para fazer a segurança dentro do Parque. (Foto: Arquivo)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions