A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/03/2012 18:29

Perícia vai comparar moto apreendida com PM à usada por matadores

Marta Ferreira
Moto tem as mesmas características da que foi utilizada pelos bandidos que mataram um e balearam outro no dia 23 de fevereiro na rua Rio Grande do Sul. (Foto: Moisés Palácios/Jornal OEstado)Moto tem as mesmas características da que foi utilizada pelos bandidos que mataram um e balearam outro no dia 23 de fevereiro na rua Rio Grande do Sul. (Foto: Moisés Palácios/Jornal OEstado)

A motocicleta apreendida pela Polícia Civil hoje, na casa do policial militar aposentado Nelson Barbosa Oliveira, vai passar por perícia para identificar se é o mesmo veículo usado pela dupla que executou Andrey Galileu Cunha, 30 anos, no dia 23 de fevereiro. No mesmo dia, Pedro Lauro Gonçalves, motorista do Siena em que Andrey estava, foi baleado.

O veículo foi apreendido esta manhã, durante operação da Polícia Civil na casa de Oliveira, que foi detido e ouvido como parte do inquérito e depois liberado. É uma XT 660, cujas características batem com a do veículo que aparece nas imagens de comércios que ficam no trecho feito pela dupla de matadores.

As características do crime levam a crer que os bandidos usaram uma moto potente para que a dupla tivesse uma rota de fuga mais rápida do local do acidente.

Além da comparação das imagens, a investigação também deve levar conta outros aspectos apurados até agora, entre eles os depoimentos dados pelas pessoas no local.

O delegado responsável pelo inquérito, Wellington Oliveira, informou que a operação de hoje foi feita após seis denúncias levantarem suspeita sobre o policial aposentado. Como a investigação está em sigilo, ele não forneceu mais detalhes.

Com ordem judicial, foram aprendidos também um computador, documentos e uma capa de chuva. Nas imagens captadas, os bandidos usavam uma capa.

Suspeito-O policial aposentado ficou 3 horas na delegacia. Ao sair, negou envolvimento com o crime e atribuiu a suspeita contra ele ao fato de ser réu em outro processo, pelas mortes do geólogo húngaro Nicolau Ladislau Ervin Haraly e do empresário Antônio Ribeiro Filho, no Guarujá, em São Paulo, ocorridas em 2004. Ele é alvo de outras denúncias de pistolagem.

No processo pelas mortes no Guarujá, também são réus o ex-policiais civis Eduardo Minari Higa e Ezequiel Leite, ambos à época ligados ao Garras

(Delegacia Especializada de Repressão de Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros).

Também é réu Alberto Aparecido Roberto, o Betão, à época funcionário da Secretaria de Fazenda, alvo de outras denúncias envolvendo crimes de pistolagem.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


caro marcos sabino , nao te conheço e nem vc me conhece , e vc tb nao conhece moto , agradeço ao sr luiz alves , que viu na hora o engano , coisa que o dr welington deveria ter percebido na hora , pois ele viu as imagens de tds os angulos , bem melhor do que a gente ,e deveria ter me perguntado antes de invadir minha casa daquele jeito , expondo minha familia , e vc marcos pimenta n d outros e ref
 
nelson barbosa em 11/03/2012 02:21:02
Olha eu sou piloto de motocross, enduro, e já tive muitas motos, não precisa ser perito para perceber, pelas filmagens mostradas na imprensa que a moto utilizada na ação foi uma falcon, essa moto ai de cima é uma xt 660, a primeira é honda a segunda é yamaha. Normalmente a moto preferida para a pratica de crimes é a Falcon 400cc, pois é mais barata e mais fácil de se comprar.
 
Luiz Alves em 08/03/2012 07:54:00
Sera que tá certo expor as pessoas???Sem provas concreta apenas denuncias anônimas???Tenho que concordar com você Milton coragem,mesmo com as investigação sob segredo de justiça...
 
arivaldo paiva em 08/03/2012 07:30:54
Mas ta na cara que ele esta envolvido, em outra materia disse que conhece o Major Carvalho, conhecia a vitima , a moto é igual , a capa , e o alibi que ele apresentou que no horario que ocorreu o crime ele estava em seu comercio e que ta gravado,tem provas.Mas disse tambem que uns primos dele de Cuiaba esteve com ele naquele dia.Ta muito explicadinho isso.Cade esses primos
 
Marcos Sabino em 08/03/2012 02:03:46
enguanto nos tiver delegado corajoso como est dr wueliton estamos bem parabensdr
 
milton aparecido miguel em 07/03/2012 10:35:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions