A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

12/04/2012 11:48

PF prende arquiteto funcionário da Prefeitura de Coxim por corrupção

Nadyenka Castro

A prisão aconteceu logo após o rapaz de 25 anos receber dois cheques de R$ 3,1 mil

A PF (Polícia Federal) prendeu no fim da tarde dessa quarta-feira, em Campo Grande, um funcionário da Prefeitura de Coxim, município que fica a 260 quilômetros da Capital, por corrupção passiva (solicitar vantagem indevida).

Há cerca de 20 dias a PF recebeu denúncia de que o arquiteto e urbanista de 25 anos havia pedido propina para uma prestadora de serviços.

Com autorização judicial, os policiais fizeram gravações e acompanhamento dos encontros entre o arquiteto e a pessoa representante da empresa.

Por volta das 16 horas dessa quarta-feira, o arquiteto foi até a residência da representante da prestadora de serviços, localizada no bairro Anahy, na Capital. A negociação foi feita, ele foi embora e duas quadras após o imóvel foi abordado pela PF.

Em revista ao veículo do arquiteto, os policiais encontraram sob o forro de um dos bancos dois cheques no valor de R$ 3,1 mil emitidos pela mulher representante da empresa.

Conforme a PF, o arquiteto foi contratado pela prefeitura de Coxim em 2009, tendo entre outras funções a responsabilidade de fiscalizar obras e edificações do município.

O crime de corrupção passiva prevê pena de dois a 12 anos de reclusão. A prestadora de serviço não será responsabilizada porque foi a autora da denúncia. A PF não divulga nome de presos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions