A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/05/2014 12:00

PM abordou bandidos três vezes antes de efetuar disparo em clínica veterinária

Zana Zaidan e Graziela Rezende
Depois de realizar os assaltos, a dupla se refugiou na clínica (Foto: Marcos Ermínio)Depois de realizar os assaltos, a dupla se refugiou na clínica (Foto: Marcos Ermínio)

A dupla que realizou um arrastão na manhã de hoje (13), na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, foi perseguida pela Polícia Militar e abordada por três vezes antes de ser presa em flagrante em uma clínica veterinária, no bairro Jardim dos Estados. Ao contrário do que relataram testemunhas, apenas um disparo foi efetuado para conter os bandidos, e acertou o muro da loja. 

Rafael Lima, 18 anos, e um rapaz que estava sem documentos fugiram e tentaram resistir à prisão. O soldado Marcelo Augusto, do CPM (Comando de Policiamento Metropolitano), conta que descia a Afonso Pena, no sentido centro-bairro, quando foi abordado pela vítima e o pai e visualizou metros adiante os assaltantes.

Ao visualizarem a viatura, eles empreenderam fuga, e continuaram sendo perseguidos. Uma segunda abordagem, à distância, conta Augusto. “Eles fizeram menção de estar armados, e continuaram fugindo”, relata o policial.

Foi então que a dupla adentrou na clínica, que fica na rua Paraná. Um dos bandidos deitou no chão, mas como o outro não sinalizou que se renderia, foi efetuado o disparo. Ambos foram levados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Vítima – O pai de uma das vítimas do arrastão, que preferiu não se identificar, conta que deixou o filho em frente a uma pizzaria na Afonso Pena. Em seguida, ele foi abordado, com uma faca, teve o celular, boné e pulseira de ouro roubados. O pai acionou a PM, via 190, mas a viatura da CPM passava pelo local e passou a fazer diligências na região para encontrar os bandidos.

Veja o vídeo da ação da PM na clínica:



genteeee !!!!!!!! vamos acordar, bandido tem que ser preso, intimidado e se necessário alvejado. Quem tem direitos são os cidadãos de bem. Bandido não poderia ter direitos.
 
marcia maria santos em 13/05/2014 17:04:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions