A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

10/04/2019 19:34

PM é consolado pela família e amigos no velório do filho assassinado

Cerca de 40 pessoas se despediam do rapaz, no começo desta noite (10) durante o velório. O sepultamento está marcado para amanhã às 10h30

Adriano Fernandes e Liniker Ribeiro
De camisa cinza, o capitão reformado da Polícia Militar, Paulo Xavier. (Foto: Direto das Ruas)  De camisa cinza, o capitão reformado da Polícia Militar, Paulo Xavier. (Foto: Direto das Ruas)

Cerca de 40 pessoas acompanham o velório do jovem Matheus Coutinho Xavier, de 20 anos, esta noite (10) no Cemitério Memorial Parque, no Bairro Universitário em Campo Grande. Na cerimônia intimista, reservada para poucos amigos, familiares e colegas de faculdade do acadêmico de direito, era visível a dor e a indignação pela ausência do menino que ainda tão jovem, perdeu a vida de maneira brutal.

Matheus foi executado ontem à noite (09) na porta de casa, atingido por tiros de fuzil, durante atentado que, segundo a Polícia Civil, tinha como alvo o pai do estudante, o capitão reformado da Polícia Militar, Paulo Xavier, de 47 anos.

O pai, visivelmente abatido era abraçado a todo momento por cada um dos presentes, enquanto também recebia o conforto dos outros dois filhos, de 12 e 14 anos, com quem ficava de mãos dadas em muitos momentos durante o velório. A mãe de Mateus também estava no local muito emocionada. Conforme apurado pela reportagem ela é separada do capitão reformado e mora em Cuiabá. 

Como quem ainda não acreditava no que acontece na noite passada, os colegas de faculdade do jovem, se dividiam em grupos enquanto davam apoio uns aos outros. Matheus cursava o terceiro ano de Direito na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e era atuante nos assuntos do curso

A reportagem evitou fazer entrevistas, mas em meio às lágrimas dos presentes, era possível ouvir os comentários indignados pela forma como o jovem foi morto. Dois homens são suspeitos de terem participado da execução, mas ainda não foram localizados pela polícia. O sepultamento de Matheus está marcado para esta quinta-feira (11) às 10h30.

O crime – Ontem a noite (09) Matheus estava retirando a S10 de seu pai na residência da família na Rua Antônio da Silva Vendas, no Jardim Bela Vista, quando dois suspeitos em um veículo UP chegaram no endereço. Um deles desceu atirando enquanto o outro ficou no veículo e em seguida eles fugiram.

O rapaz estava manobrando a camionete S10 para Paulo retirar o Ford K que estava na frente e que era da vítima. O pai diz ter certeza que os tiros eram para ele, porque é rotina pegar os filhos na escola neste horário. Após o atentado, desesperado, o policial ainda seguiu com o filho no mesmo veículo para a Santa Casa de Campo Grande.

No trajeto ele chegou a abordar uma equipe do Corpo de Bombeiros no cruzamento da Rua 13 de Junho com a Avenida Mato Grosso, no Centro, mas a vítima chegou ao hospital sem vida. Ele foi atingido por seis tiros. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions