ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  17    CAMPO GRANDE 23º

Capital

PM estoura barraco usado como ponto de revenda de objetos furtados

Por Rafael Ribeiro | 27/12/2016 10:41
Furadeira, perfume e até moto estavam à venda em bazar de objetos furtados estourado (Foto: Divulgação/PM)
Furadeira, perfume e até moto estavam à venda em bazar de objetos furtados estourado (Foto: Divulgação/PM)

Três homens, de 33, 26 e 19 anos, acusados de integrarem uma das principais quadrilhas de arrombadores de casas de Campo Grande foram presos em flagrante pelo batalhão de Choque da Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (26), na região do bairro Vivendas do Parque.

Um outro jovem, de 19, foi detido após confessar que estava no barraco estourado pela PM, que funcionava como depósito, para comprar uma televisão de 55 polegadas por R$ 1 mil. Mesmo usado, um modelo semelhante não custa menos que R$ 3 mil nos sites de leilão na internet.

Segundo a polícia, rondas vinham sendo feitas na região com o objetivo de localizar o tal depósito. Moradores indicaram a localização e um dos detidos que era pago para tomar conta do local foi rendido pelos policiais.


Dentro do barraco, entre eletrodomésticos , notebooks e celulares, a PM localizou até perfumes, furadeiras e uma moto. Tudo tomado de seus verdadeiros donos através de furtos.


No celular de um dos acusados, foi localizado até mensagens de clientes interessados em comprar os produtos e fazendo encomendas de novas mercadorias furtadas.


O caso foi registrado no 4º DP, na Moreninha, e será investigado em conjunto com a Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos). Há a suspeita de que mais pessoas integrem o bando.


Somente neste mês de dezembro, Campo Grande teve 1.050 casos registrados de furtos na Polícia Civil até esta manhã, segundo dados da Sejusp (Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública). A média é de dois casos do tipo ocorridos por hora na cidade.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário