ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 35º

Capital

PM perde celular e ameaça casal em conveniência: "vou matar vocês e seus filhos"

Um homem atirou contra o teto de uma conveniência com a arma da esposa, que é sargento da PM

Gabrielle Tavares | 18/09/2022 07:56
Delegacia de Polícia Cepol, em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)
Delegacia de Polícia Cepol, em Campo Grande. (Foto: Marcos Maluf)

Um celular motivou uma briga e quase virou tragédia na Vila Piratininga, em Campo Grande. Uma sargento da Polícia Militar Rodoviária foi até uma conveniência acompanhada de seu esposo e quando estavam saindo do local, repararam que haviam perdido o celular. Os dois questionaram um casal de funcionários sobre o aparelho, que não souberam informar onde estava.

Então, os quatro começaram a discutir e partiram para a agressão física. Foi quando o marido da sargento foi até a casa deles, pegou a pistola que pertencia a esposa e retornou até a conveniência, onde efetuou um disparo contra o teto.

Neste momento, um outro cabo da PM que morava perto do estabelecimento e estava de folga, ouviu o disparo e foi até o local. Lá, ele desarmou o homem que estava com a arma da esposa.

De acordo com o boletim de ocorrência, os funcionários relataram que foram ameaçados de morte pelo outro casal, que a sargento teria dito "eu vou te matar, vocês e seus filhos". Já a sargento disse que tentou esperar dentro do carro, mas o esposo a tirou de lá para ir até a casa deles pegar a arma.

O cabo acionou reforços e todos foram levados até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol, por vias de fato, com exceção do marido da sargento, que se queixou de dores de cabeça e foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande, sob escolta policial.

Em nota, a Polícia Militar relatou que o celular foi furtado e que vai instaurar procedimento administrativo para apurar as circunstâncias do caso.

*Matéria atualizada às 11h para acréscimo de informações

Nos siga no Google Notícias