A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

05/08/2018 07:05

PM prende 4 homens minutos antes de assalto encomendado de presídio

Ao Batalhão de Choque, envolvidos admitiram que invadiriam casa e que os detentos tinham passado até a localização

Danielle Valentim
Calça jeans clara sem camisa é Anderson, short xadrez e camiseta escura é Mizael, calça preta sem camisa é Jonas e short e sem camisa é Nathanael. (Foto: Batalhão de Choque)Calça jeans clara sem camisa é Anderson, short xadrez e camiseta escura é Mizael, calça preta sem camisa é Jonas e short e sem camisa é Nathanael. (Foto: Batalhão de Choque)
Policiais encontraram no banco traseiro, em baixo de um casaco, um revolver marca Taurus calibre 38, carregada com cinco munições intactas e uma máscara. (Foto: Batalhão de Choque)Policiais encontraram no banco traseiro, em baixo de um casaco, um revolver marca Taurus calibre 38, carregada com cinco munições intactas e uma máscara. (Foto: Batalhão de Choque)

Quatro homens foram presos na madrugada deste domingo (5) minutos antes de invadir uma residência para roubar, no Jardim Montevidéu, em Campo Grande. À polícia, suspeitos afirmaram que estavam recebendo orientação de detentos por três celulares, que também foram apreendidos.

Uma equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar abordou um VW/Gol cinza com quatro passageiros. Em busca pessoal e no veículo, os policiais encontraram no banco traseiro, em baixo de um casaco, um revolver marca Taurus calibre 38, carregada com cinco munições intactas e uma máscara.

No carro estavam Anderson Jesus de Oliveira e Natanael Cardoso Ferreira, ambos com 23 anos, Jonas Oliveira Resende, de 24 anos, e Mizael da Silva Stroppa, de 35 anos. Todos foram presos em flagrante.

Durante as perguntas, os suspeitos confessaram que estavam prestes entrar em uma residência para roubar. Além disso, afirmaram que as ordens e a localização, ou seja, toda as orientações do roubo eram repassadas por detentos a Natanael, Anderson e Jonas, por celular.

Após checagem, os militares constataram que Anderson e Jonas estavam foragidos com mandados de prisão em aberto. Todos os envolvidos foram levados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro e o carro deixado na 2ª Delegacia de Polícia Civil. O caso será investigado e os detentos identificados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions