A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

16/08/2015 08:38

PM prende três por dirigirem embriagados e casal ainda é detido por desacato

Flávia Lima

Três pessoas foram presas na madrugada deste domingo (16) por dirigirem embriagadas. A primeira prisão aconteceu na Vila São Jorge da Lagoa, quando a Polícia Militar foi acionada para atender um acidente envolvendo uma moto e um veículo Celta. Conforme relato das vítimas, o motorista Sidney Candia Almeida conduzia o veículo pela Rua Pará quando bateu de frente com a moto pilotada por Eufrásio Bitencourt da Costa, que transportava na garupa, Vanessa Teixeira Marcos.

O casal foi socorrido e levado para a Santa Casa, com ferimentos leves. Já Sidney se recusou a fazer o teste de alcoolemia e acabou sendo detido, porém, no momento em que os policiais realizavam o registro dos fatos, Sidney fugiu pela porta traseira da viatura, chegando a pular o muro de uma casa. Mesmo com os policiais dando voz de prisão, ele não parou, mas acabou sendo capturado e reconduzido a viatura.

O motorista foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do bairro Piratininga, onde permanece detido.

Em outra ocorrência, no bairro Universitário, os policiais acabaram detendo Aroldo Servim dos Santos, 24, após ele colidir o Uno em que dirigia na traseira de um Ford Focus, conduzido pelo motorista Estevam Santana. No Focus ainda estavam a esposa de Estevam, Katiuscia Cristaldo Santana e a sua sogra, Maria Sirlei Franco da Silva. As duas foram levadas para a Santa Casa também ferimentos leves.

Ao realizar o teste do bafômetro, os policiais constataram o estado de embriaguez de Aroldo e o conduziram para a Depac Piratininga.

Já no bairro Jardim Campo Belo, os policiais foram acionados para averiguar um veículo que trafegava pela Rua Lourenço da Veiga em atitude suspeita. Ao abordarem o motorista, que estava acompanhado pela esposa, os policiais passara a ser agredidos verbalmente e com gestos obscenos.

Solicitado a descer do veículo, o motorista Magno Leandro Santos Angelico, 26, se recusou a cumprir a ordem, xingando os policiais, comportamento que também passou a ser adotado pela sua esposa, Mayara Antunes Brasil, 27. Mayara, inclusive, chegou a ameçar os PMs, alegando ter um tio sargento. Além de recusarem fazer o teste de alcoolemia, o casal avançou contra a viatura e acabou sendo algemado e conduzido até a Depac Centro, onde permanece detido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions