A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

05/09/2012 16:04

PM vai pôr 60 policiais na porta das universidades em Campo Grande

Ana Paula Carvalho
Coronel Carlos Alberto David (Foto: Minamar Júnior)Coronel Carlos Alberto David (Foto: Minamar Júnior)

Para combater,a criminalidade nas regiões das universidades de Campo Grande, a Polícia Militar vai intensificar o policiamento em frente às instituições de ensino a partir de hoje. De acordo com o comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David, serão 60 policiais em carros e motos.

David também afirma que as rondas serão intensificadas nas proximidades dos bares de Campo Grande para evitar assaltos, furtos e sequestros. “A minha orientação é de que marginal tem que ser tratado como marginal. Não tem que dar moleza”, afirma.

O policiamento, de acordo com o comandante da PM, estará presente nas universidades todos os dias. Eles chegarão antes do horário das aulas e só irão embora depois que todos os universitários saírem. “Você pode ir lá hoje que vai ver pelo menos duas viaturas na porta das universidades”.

Para o coronel, após o sequestro e assassinato dos universitários Breno Luigi Silvestrini de Araújo, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, de 19 anos, na noite da última quinta-feira, a população ficou com uma sensação de insegurança e por conta disso o aumento no policiamento é necessário para recuperar a sensação de segurança.

“Uma tragédia dessas acaba atingindo todo mundo. É psicológico e nós policiais sabemos disso. O Estado não está ausente, mas quando acontece algo desse tipo é necessário intensificar o trabalho”, conta.

David diz que a operação não será temporária e que os policias deverão permanecer em frente às instituições e nas proximidades de bares. “Vou manter. Nós teremos não só policiais fardados, mas também à paisana”.

Morte universitários - Os jovens Breno Luigi Silvestrini de Araújo, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, de 19 anos, foram rendidos após saírem do Bar 21, no bairro Miguel Couto. Eles foram executados em Indubrasil. A quadrilha seguiu viagem até Corumbá, onde a Pajero foi localizada.

Foram presos Dayane Aguirre Clarindo, de 24 anos, o marido dela, Rafael da Costa Silva, de 22 anos, Weverson Gonçalves Feitosa, de 22 anos e Raul Andrade Pinho, de 18 anos. O crime ainda envolveu um adolescente de 17 anos, irmão de Rafael, que dirigiu o carro que os bandidos utilizaram para chegar até as vítimas.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


As rondas devem intensificadas dar uma atenção bem complexa a instituição da uniderp agraria, muitos universitários tendem até que pegar BR para se deslocar de universidade para casa ou vice verça, esses dias fui vitima de tentativa de assalto a caminho da minha residência os assaltantes estavam esperando o pessoal sair para escolher as vitimas por sorte conseguir despista-lo.
 
Paulo Rabelo em 06/09/2012 08:45:51
COM TODO RESPEITO AS FAMILIAS DOS JOVENS QUE PERDERAM A VIDA DE FORMA BRUTAL....MAIS QUERIA VER SE FOSSEM MORADORES DA PERIFERIA SE TERIA O MESMO PESO....
 
MILTON OLIVEIRA FERREIRA em 06/09/2012 08:38:26
Pelo menos uma coisa eu sei: o que ele disse é verdade, quando cheguei hoje a noite em frente a faculdade tinha uma viatura parada lá... Na uniderp.

E bandido tem que ser tratado como bandido mesmo... Ta certíssimo,
 
Brendon Moreira em 06/09/2012 03:55:57
Sou a favor da prisão perpétua, esses malandros vão pensar bem antes cometer qualquer crime...
 
Kamilla Fayeza em 06/09/2012 01:46:00
Quando começa isso????? Pq pela noite não vi nenhuma viatura na entrada principal da UCDB e nem na entrada de trás, onde é muito escuro
 
Kamilla Fayeza em 06/09/2012 01:43:16
... enquanto isso as escolas estaduais e municipais sofrem com assaltos, brigas e venda de drogas em volta das escolas... QUANTA HIPOCRISIA!!!
 
David Ferreira em 06/09/2012 01:04:45
Culpar a polícia por uma coisa desta é no mínimo ignorância. Isto é reflexo de uma Justiça atrasada, o conceito de família errado, má distribuição de renda e sem contar a maudade que é proliferada pelos filmes, novelas, maus exemplos em toda sociedade que tem um nível de corrupção e imoralidade crescente. A Própria sociedade tem criado monstros, permitindo fimes violentos e descompromissos.
 
Josué Alexzandre em 05/09/2012 10:43:47
não querendo desmerecer a iniciativa do comandante da pm, mas isso vai continuar acontecendo com ou sem policia, e as escolas secundárias e outras instituições de ensino como fica, e tem ainda os alunos que saem da faculdade nas sexta-feira e vão direto para os barzinhos curtirem um sonzinho, e ai? vai ter escolta pessoal ? é um caso de gestão, pública, vamos pensar nisso.
 
eneias vieira em 05/09/2012 09:28:08
Na minha opinião teria que ser algo mais amplo como por exemplo os nobres deputados e senadores elaborarem leis mais severas sem deixar nenhum tipo de brecha.O pessoal anda muito desatento,tem que prestar mais atenção ao que ocorre ao seu redor .Falar que é falta de segurança é hipocrisia pura.
 
moacir torres em 05/09/2012 09:25:30
Parabéns Coronel Davi!As novas medidas de segurança vão melhorar muito a segurança de todos os cidadãos,causando intimidação nos marginais os crimes consequentemente irão acabar.Ótimo trabalho!
 
Gustavo Lopes em 05/09/2012 09:10:28
A única coisa a fazer é pagar para ver se isso ocorrerá como ele está falando!!! Não convenceu...
 
luis chesster em 05/09/2012 08:24:06
.....Brasil, precisamos de uma nova Constituição, precisamos de novos políticos, precisamos de atitude, precisamos de ética, precisamos ter coragem para não aceitar que sejamos mortos como moscas pelo câncer da sociedade, levantem povo de bem, não aceite esta situação como ovelhas na boca do lobo, limpemos Brasilia!!!
 
nilmerson miranda em 05/09/2012 08:22:16
Precisamos é de penitenciarias exemplares como a federal, senhor governador! Polícia prende, Justiça solta porque não tem onde guardar. Chega de paliativos!
 
Lauro Mulerq em 05/09/2012 07:14:21
Realmente... a polícia está sempre "enxugando gelo"... mas, devemos nos lembrar que, o aumento de criminalidade e violência nada mais é que o resultado da falência de outras instituições... não é cadeia ou polícia quem têm que consertar o que do início já vem errado!!! A formação do caráter, passa pela educação familiar e a formação do cidadão, pela educação escolar... culpa da segurança pública?
 
Alexandre Araujo Barbosa em 05/09/2012 06:53:31
Só tenho uma palavra: "HIPOCRISIA"
 
José Marcio Gonçalves em 05/09/2012 05:59:59
Parabéns Coronel Davi... so não pode esquecer do resto da cidade, os empresários, os cidadãos precisam também de segurança....
 
Walderez Junior em 05/09/2012 05:55:00
As autoridades brasileiras tem que falar pra população que as ações da polícia são como secar gelo, chover no molhado. Enquanto não mudar as leis, enquanto não endurecer as leis essas barbaries vão continuar. O cidadão não para no sinal, não joga lixo na rua e não mata pq é educado, é pq tem meda da punição. E como disse o juiz Odilon de Oliveira. No Brasil o crime não encontra resistencia.
 
maria vieira em 05/09/2012 05:20:26
E as outras regiões da cidade????? não precisam de proteção??????? não ocorrem homicídios, roubos, furtos, estupros, lesões, bala perdida?????????
A policia deve e precisa estar em todas as regiões da cidade, não em pontos declarados, os criminosos devem ter a certeza de que a policia esta trabalhando em todas as regiões!!!!!!!!!!
 
claudemir falavina em 05/09/2012 04:56:32
Mais uma ação isolada, passa um ou dois meses e acabou a segurança, pois cada soldado voltou ao posto de origem. Precisamos de ação concreta, aumento no efetivo, mais cadeia, o cumprimento de pena até o final.
 
Roberto Pereira em 05/09/2012 04:48:52
Mais uma brincadeira; o que são 60 policiais? vão virar guardas patrimoniais das universidades, quando, o correto seria estarem patrulhando, e não somente as universidades e faculdades, mas toda a cidade. Somente se lembram quando acontece a catastrofe, e esquecem-se que os maiores culpados são, justamente, os administradores da segurança, via governo do estado; que só pensa em eleição.
 
Paulo Correa em 05/09/2012 04:42:00
“A minha orientação é de que marginal tem que ser tratado como marginal. Não tem que dar moleza”.

Parabéns ao coronel Davi, não o conheço pessoalmente mas me parece que o comando da policia da capital esta em boas mãos. Campo Grande já estava precisando de uma operação assim a muito tempo. Parabéns e boa sorte a todo contingente militar.
 
Andre Yuri em 05/09/2012 04:38:50
"(...) mas quando acontece algo desse tipo é necessário intensificar o trabalho”.
Quer dizer, esperam acontecer pra agir.
Vamos ver até quando vai durar essa "operação não temporária"...
 
Gabriel Lourenço em 05/09/2012 04:27:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions