A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/05/2014 11:37

Polícia aguarda grupo que explodiu caixa eletrônico para vincular novos crimes

Graziela Rezende

A Polícia aguarda decisão judicial para trazer à Capital os três presos acusados de explodir um caixa eletrônico em Batayporã, a 311 quilômetros da Capital. Segundo o delegado Alberto Vieira Rossi, titular do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Bancos, Assaltos e Sequestros), a intenção é descobrir se eles estão envolvidos em outros crimes.

“Eles já foram autuados em flagrante por este crime e estamos aguardando a decisão do juiz para trazê-los de Presidente Epitácio (SP). O trio passará pelo município onde ocorreu o crime e, em seguida, virá para Campo Grande, em continuidade às investigações”, afirma o delegado.

Crime - Quatro homens explodiram um caixa eletrônico que fica dentro de um frigorífico do município. Segundo a Polícia, os suspeitos destruíram o terminal com dinamite, após a rendição do segurança e funcionários do local. O valor roubado não foi informado, mas a especulação era de R$ 200 mil.

Os suspeitos com idades entre 18 e 27 anos pularam o muro, prenderam os funcionários em uma sala e foram até o setor administrativo da empresa, onde explodiram o caixa eletrônico. Nenhum funcionário ficou ferido.

Eles são acusados de roubo, corrupção ativa e explosão de caixa eletrônico. Com eles foram encontrados R$ 88,9 mil escondidos nas portas de um veículo Corsa Classic.

Os homens, de acordo com o registro policial, ofereceram todo o montante encontrado no veículo para os policiais em troca de liberação. As notas tinham cheiro de pólvora. Eles foram levados para a cadeia de Presidente Venceslau (SP).

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions