A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

19/02/2014 08:51

Polícia busca ex-namorado de técnico de enfermagem para esclarecer morte

Graziela Rezende

Mesmo com o depoimento de seis pessoas, a morte do técnico de enfermagem Hodair Fagundes Adorno, 36 anos, continua um mistério. O delegado Miguel Said, responsável pelas investigações, afirmou que parentes da vítima, que residem em Bonito, a 257 quilômetros da Capital, estão a caminho da Capital para falar sobre algumas contradições já observadas pela Polícia.

“Nós temos algumas informações que precisam ser esclarecidas e eu ainda estou em busca de um ex-namorado da vítima, cujo depoimento relevante para as investigações. Também já apreendemos o computador da vítima, que foi encaminhado para perícia”, explica o delegado.

Entre as pessoas ouvidas, estão amigos, colegas de trabalho e inclusive pessoas que participaram de uma festa, promovida na casa de Hodair, quatro dias antes de ele ter sido encontrado morto.

Crime – Hodair foi localizado em seu apartamento na avenida Noroeste, próximo a rua Antônio Maria Coelho, bairro Cabreúva. Assim que acordou, por volta das 8h30, o vizinho da vítima foi a sacada fumar um cigarro. O eletricista Edilson Cordeiro dos Santos, também de 36 anos, diz que estranhou o cheiro forte e a grande quantidade de mosca que saía do apartamento ao lado e então acionou a Polícia.

Os militares tiveram que arrombar as portas e encontraram o imóvel todo bagunçado, com muito sangue espalhado no chão e a vítima caída de bruços na cozinha. Hodair, de acordo com vizinhos, é homossexual e usuário de drogas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions