ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUINTA  29    CAMPO GRANDE 

Capital

Polícia Civil encerra festa clandestina com 150 pessoas no Leblon

Equipes da Polícia Civil realizaram rondas na noite de sábado para coibir aglomerações

Por Ana Paula Chuva | 14/03/2021 09:21
Equipes durante fiscalização na noite de ontem. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)
Equipes durante fiscalização na noite de ontem. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)

Em operação para coibir aglomerações em Campo Grande, por conta da pandemia de covid-19, equipes de sete delegacias da Polícia Civil, encerraram uma festa clandestina com 150 pessoas no Jardim Leblon, e mandaram outras 250 para casa durante rondas pelas ruas da Capital.

A ação foi realizada das 20h às 23h45 de sábado (13) e foi coordenada pelo delegado Bruno Henrique Urban, da 7ª Delegacia de Polícia Civil que contou com o apoio de sete viaturas da 2ª, 4ª, 6ª e 7ª delegacias de polícia civil e das especializadas de atendimento à infância e juventude, atendimento ao consumidor e de repressão aos crimes ambientais e de atendimento ao turista.

Durante rondas pelas ruas e bairros da Capital, as equipes encerraram uma festa clandestina na Rua Tembes, no jardim Leblon. No local havia 150 pessoas sem máscaras e desrespeitando o distanciamento mínimo de 1,5 metro.

Equipes realizaram rondas das 20h às 23h45. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)
Equipes realizaram rondas das 20h às 23h45. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)

Uma mulher de 51 anos, responsável pelo evento foi levada para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) no Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada) onde assinou um termo de compromisso e foi liberada.

Ainda nas rondas foram abordadas 250 pessoas em lugares irregulares. Elas foram orientadas a voltar para casa e cumprir o toque de recolher determinado em decreto e que até ontem era das 23h às 5h

Os policiais também prenderam rapaz, não identificado, por porte de drogas em uma conveniência na região central de Campo Grande e ainda fecharam dois estabelecimentos na Avenida Julho de Castilho por estarem sem alvará de funcionamento.

Rapaz foi preso por porte de drogas em uma conveniência. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)
Rapaz foi preso por porte de drogas em uma conveniência. (Foto: Divulgação | Polícia Civil)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário