ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Polícia faz blitz em boates contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Conforme o ECA, é crime submeter criança ou adolescente à exploração sexual, com reclusão de quatro a 10 anos

Por Viviane Oliveira | 15/05/2024 12:06
Fachada da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Foto: arquivo / Paulo Francis) 
Fachada da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Foto: arquivo / Paulo Francis)

Com foco no combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, a Operação Caminhos Seguros 2024, deflagrada pela DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), fiscalizaram na noite de ontem (14) diversos pontos vulneráveis em Campo Grande, com denúncias registradas de exploração sexual infantojuvenil. Não houve qualquer flagrante durante a ação.

O levantamento foi realizado pelo Ministério da Justiça, em conjunto com a delegacia, e a ação ocorreu para fiscalizar e enfatizar a frequentadores e donos de bares e boates da Capital sobre as penalidades e também a importância da conscientização e da colaboração no combate à exploração sexual infantil.

Conforme o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente), é crime submeter criança ou adolescente à exploração sexual, com reclusão de quatro a dez anos. A operação continua durante todo o mês. Ninguém foi preso durante a blitz.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias