A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

07/12/2010 10:29

Polícia identifica autor de homicídio no Anache

Ricardo Campos Jr. e Ana Maria Assis

Delegada informou que prisão deve ser feita nas próximas horas

População apedrejou e incendiou carro da vítima. (Foto: João Garrigó)População apedrejou e incendiou carro da vítima. (Foto: João Garrigó)

A Polícia já identificou o principal responsável pela morte de Daniel Delmondes, 38 anos, assassinado por vingança quando o filho dele matou um amigo de infância no último domingo (5).

“O autor já foi devidamente identificado e deverá ser preso a qualquer momento pelos policiais da delegacia”, informou a delegada titular da Deaij (Delegacia Especializada em Atendimento à Infância e Juventude) Maria de Lourdes Souza Cano.

O nome do suspeito não será divulgado para não atrapalhar o trabalho da Polícia.

O garoto de 17 anos que confessou ter matado Daniel continua apreendido, segundo a delegada. No entanto, segundo ela, ele não é o responsável pela morte.

Maria de Lourdes pretende encerrar o inquérito ainda hoje, tendo em vista que casos envolvendo adolescentes possuem prazos menores para finalização das investigações. Até o fim do dia outras 10 testemunhas devem ser ouvidas por ela na delegacia.

Caso seja necessário ela deverá incluir autos de complementação no caso após o fim das investigações.

A mãe do adolescente morto pelo amigo de infância prestou depoimento na manhã de hoje (7) à delegada Maria de Lourdes no Cepol (Centro especializado de Polícia). Muito abalada, não quis falar com a imprensa.

Ela foi acompanhada por um dos tios do filho dela. Ele pediu para não ser identificado e acha um absurdo a Polícia desconfiar da família da primeira vítima.

”Estavam todos em uma festinha e só os jovens estavam no local. Quem se revoltou com o crime foi toda a população”, afirmou.

Crime – Daniel foi até o local do crime ao saber que o filho estaria com a intenção de matar o amigo Lucas Jonathan Pereira Lopes, de 16 anos.

Quando chegou ao local, Lucas já havia sido morto. A população, revoltada com o ocorrido, investiu contra Daniel para vingar a morte de Lucas, dando vários golpes e facadas nele.

Em seguida, apedrejaram e queimaram o carro de Daniel, um Chevette de placas HQQ 2846, que ficou parcialmente destruído.

Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
UFMS divulga edital do vestibular para ingresso em cursos de graduação
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou, nesta segunda-feira (18), edital do processo seletivo do vestibular para ingresso em cu...


Isso nos mostra que não podemos julgar, o que às vezes fazemos sem pensar e acabamos sendo injustos. É uma pena o que esta pessoa fez(o assassino), pois agiu sem pensar, com emoção. Mesmo assim não podemos julgar, porque só sabemos nossa reação quando o fato acontece conosco.
Que possamos aprender a controlar nossas emoções e lembrar sempre de Jesus: "orai e vigiai", já que estamos expostos a tanta coisa ruim.
Que Deus tenha misericórdia.
 
Sandra Gonçalves Ferreira em 07/12/2010 10:49:52


Isso nos mostra que não podemos julgar, o que às vezes fazemos sem pensar e acabamos sendo injustos. É uma pena o que esta pessoa fez(o assassino), pois agiu sem pensar, com emoção. Mesmo assim não podemos julgar, porque só sabemos nossa reação quando o fato acontece conosco.
Que possamos aprender a controlar nossas emoções e lembrar sempre de Jesus: "orai e vigiai", já que estamos expostos a tanta coisa ruim.
Que Deus tenha misericórdia.
 
Sandra Gonçalves Ferreira em 07/12/2010 10:49:52
Isso nos mostra que não podemos julgar, o que às vezes fazemos sem pensar e acabamos sendo injustos. É uma pena o que esta pessoa fez(o assassino), pois agiu sem pensar, com emoção. Mesmo assim não podemos julgar, porque só sabemos nossa reação quando o fato acontece conosco.
Que possamos aprender a controlar nossas emoções e lembrar sempre de Jesus: "orai e vigiai", já que estamos expostos a tanta coisa ruim.
Que Deus tenha misericórdia.
 
Sandra Gonçalves Ferreira em 07/12/2010 10:49:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions