A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 06 de Dezembro de 2019

11/02/2019 10:31

Polícia identifica e procura suspeitos de execução em 'tribunal do crime'

Prisões preventivas foram decretadas e suspeitos são considerados foragidos da Justiça

Kerolyn Araújo
Assassino encapuzado que aparece no vídeo, usa tornozeleira eletrônica (Foto: reprodução/vídeo)
Assassino encapuzado que aparece no vídeo, usa tornozeleira eletrônica (Foto: reprodução/vídeo)

A Polícia Civil identificou cinco homens suspeitos de participação na execução de Gerson Surubi Arteaga, 24 anos, encontrado morto decapitado na manhã do dia 2 de fevereiro em Corumbá, cidade distante a 426 quilômetros de Campo Grande. Ele foi vítima do 'tribunal do crime'.

Conforme informações da Polícia Civil, cinco pessoas participaram da execução. Um deles, identificado como Mauro Rodrigues de Paula, 28 anos, foi preso e entregou os comparsas. Agora, a polícia faz buscas por Mateus dos Santos Alves, 23 anos, Crisavano Jeimes Castedo de Souza, 22 anos, Robermauro Mercado Rocha, 22 anos, e Douglas da Silva Oliveira, 26 anos.

 

 

Polícia procura suspeitos de execução. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Polícia procura suspeitos de execução. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Segundo a polícia, os cinco suspeitos fazem parte da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). A suspeita é de que Gerson tenha sido morto por disputa territorial com a facção denominada CV (Comando Vermelho).

Os quatro suspeitos já tiveram prisões preventivas decretadas e são considerados foragidos da Justiça.

Denúncias sobre os paradeiros dos suspeitos podem ser feitas à polícia por meio do 181.

O caso - O corpo de Gerson foi encontrado na manhã no dia 2 de fevereiro, no bairro Aeroporto.

O cadáver foi encontrado na Rua Alan Kardec, em uma área de difícil acesso, por uma mulher que mora na região. A cabeça estava alguns metros distante do cadáver, que também estava com as mãos amarradas.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions