A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020

15/01/2020 13:43

Polícia investiga morte de idosa internada com sinais de maus-tratos

Ela foi levada para unidade hospitalar de São Gabriel do Oeste com bolhas nos pés e pernas, chegou a ser transferida, mas morreu

Maressa Mendonça
Caso foi registrado na Depac do Centro de Campo Grande (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)Caso foi registrado na Depac do Centro de Campo Grande (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

A Polícia Civil investiga a morte de uma idosa de 83 anos que ocorreu na terça-feira (14) na Santa Casa, em Campo Grande. Ela deu entrada no hospital em estado grave após ter passado por outra unidade hospitalar em São Gabriel do Oeste, distante a 140 quilômetros de Campo Grande, com sintomas de maus tratos.

Uma das filhas da vítima disse à polícia que a mãe era cadeirante, não tinha nenhuma doença crônica e morava em aldeia indígena na cidade de Aquidauana, a 364 quilômetros da Capital.

No dia 20 de dezembro, a idosa teria viajado para São Gabriel do Oeste acompanhada de outra filha. No dia 12 de janeiro, ela sentiu febre, foi medicada com um antitérmico e melhorou.

Por volta das 7h, do dia 13 a idosa acordou com bolhas nos pés e pernas, mas só foi levada para o Hospital Municipal José Valdir Antunes de Oliveira, em São Gabriel do Oeste um dia depois.

Conforme a ficha do hospital, ela deu entrada com febre, insuficiência respiratória, bolhas nos pés e pernas e sinais de maus-tratos. Ela recebeu atendimento no local, mas precisou ser transferida para Campo Grande, onde deu entrada às 15h46 do dia 14, inconsciente. Ela teve uma parada cardiorrespiratória, passou por procedimento de reanimação cardiopulmonar, mas não resistiu e morreu às 16h10.

A reportagem do Campo Grande News entrou em contato com o hospital de São Gabriel para ter detalhes sobre quais sinais de maus-tratos foram identificados na idosa, mas a direção da unidade não comenta o estado de saúde de paciente.

A Santa Casa também foi acionada e respondeu que “a paciente veio proveniente de São Gabriel já em estado gravíssimo”. Dentre os sintomas, ela estava, irresponsiva, instável desidratada e com lesões bolhosas em membros inferiores. Ela foi entubada e passou por processo de reanimação, mas morreu.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. O delegado que registrou a ocorrência foi procurado para comentar o caso, mas não estava mais de plantão.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions