A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/09/2014 15:47

Polícia investiga pai por bater e arranhar bebê de um ano e quatro meses

Filipe Prado

Um homem, 24 anos, está sendo acusado de bater e arranhar o filho, uma criança de um ano e quatro meses, e está sendo investigado por lesão corporal dolosa pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente). Ao ser questionado pelas agressões, o pai juntou seus pertences e saiu de casa, no Bairro Tiradentes.

De acordo com a delegada titular da Depca, Regina Márcia Rodrigues de Brito Mota, na noite de domingo (7) a mãe do bebê saiu para trabalhar, por volta das 16h, e deixou a criança com o pai. Ela voltou por volta das 22h e encontrou a criança com hematomas e arranhões pelo rosto, abdômem e pescoço.

Na segunda-feira (8) a mãe indagou para o marido o motivo dos hematomas, que não explicou e não revelou como as agressões aconteceram, então juntou os pertencer e saiu de casa.

A delegada contou que um parente da família da mulher entrou em contato com a polícia, que os encaminhou para a Depca. Conforme os familiares relataram para a delegada, esta pode não se a primeira vez que o bebê foi agredido.

O homem ainda não foi encontrado e tem um prazo de 30 dias, contado desde ontem (8), para se apresentar à polícia para a realização de oitivas.

A mãe do bebê também pode ser investigada como co-autora do crime. “Isso vamos ver no decorrer da investigação, para saber se houve ou não negligência por parte da mãe, mas, por enquanto, tudo indica que não tenha”, comentou a delegada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions